Home / Carreiras & Profissões / Quanto ganha um Anestesista?

Quanto ganha um Anestesista?

Descubra quanto ganha um anestesista o seu salário e média salarial. Veja também como se tornar um anestesista e sobre sua carreira.

Anestesista

Você sabe quanto ganha um Médico Anestesista e o que é necessário fazer para se tornar um profissional da área? De uma forma generalizada, todos sabem que a principal função do especialista é garantir bons sinais do paciente durante todo processo de uma cirurgia, seja antes, durante ou depois da realização do procedimento.

Além de aplicar a dose necessária de anestésicos, o profissional também é responsável por monitorar os batimentos cardíacos, a pressão arterial, a temperatura corporal, pulso, respiração e outras funções vitais do paciente. Para dominar as técnicas da anestesia, bem como os protocolos que devem ser observado e os equipamentos envolvidos nas operações, é necessário se preparar durante vários anos.

Como se tornar um Anestesista?

Para assumir o posto de Anestesista, é necessário ter concluído o curso de Medicina, que dura em média seis anos, e ainda passar por dois ou três anos de residência em anestesiologia, tendo como base as orientações da Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

Durante o período de especialização, o futuro Anestesista deve entrar em contato com todas as especialidades cirúrgicas, sejam elas eletivas, ambulatoriais ou de emergência. Alguns procedimentos que devem ser acompanhados pelo profissional são: terapia intensiva e o controle da dor.

Por meio da residência, o Médico também aprende a avaliar as condições clínicas do paciente e proceder com base em um levantamento de informações sobre doenças pré-existentes, uso de medicamentos, jejum e alergias. O não atendimento desta avaliação pode trazer causas irreversíveis para os envolvidos.

Veja também: Quanto ganha um Técnico em Enfermagem?

Quando estiver devidamente capacitado para exercer a função, o profissional será submetido a uma avaliação aplicada pelos Conselhos Federal e Regional de Medicina.

É importante lembrar que além do Médico Anestesista, também existe o Enfermeiro Anestesista no Brasil, que se refere a um profissional com bacharelado em Enfermagem e título de mestres em Ciência da Anestesia de Enfermagem. Nesse caso, o profissional precisa obter um certificado nacional de enfermagem para atuar de forma legalizada.

Salários de um Anestesista

A remuneração oferecida para um Médico Anestesista pode variar de região para região. Aqueles que atuam em hospitais privados ou nos grandes hospitais públicos recebem salários mais altos. Fatores que influenciam na estipulação do salário do profissional são: o tamanho da instituição contratante e o local em que ela está inserida.

Mas, de uma forma geral, a média salarial de um anestesista durante a residência médica circula entre 2,5 e 3,5 salários mínimos por mês. Após a sua habilitação, passa a receber entre 9 e 10,5 salários mínimos por mês, por uma jornada semanal de 20 horas.

Os profissionais interessados em trabalhar com gestão hospitalar serão beneficiados com salários de até 46 salários mínimos por mês. Por sua vez, a média é de 45 salários mínimos para um Diretor Hospitalar, 19,5 salários mínimos para um Médico Auditor, 14 salários mínimos para um Gerente Médico e 13,3 salários mínimos para um Gerente Hospitalar.

Os anestesistas que trabalham diretamente com equipes de cirurgia são os que recebem salários mais promissores, isso em comparação com os plantonistas. Depois de dez anos de carreira, o especialista consegue atingir uma renda anual de até R$ 250 mil.

No caso de um anestesista com bacharelado em Enfermagem e título de mestres em Ciência da Anestesia de Enfermagem, os salários podem chegar a R$ 150 mil anuais, após cinco anos de carreira.

Sobre a Carreira de Anestesista

A Anestesiologia está entre as especializações médicas mais procuradas do País, perdendo apenas para a de Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia Geral e Clínica Médica. Atualmente, existe cerca de 20 mil profissionais dessa modalidade atuando no Brasil, que se concentram especialmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul.

Sua bagagem de conhecimento permite que seja considerado um profissional multidisciplinar. Todas as especialidades que envolvam atividades cirúrgicas são trabalhadas pelo Médico Anestesista, visto que nenhum um procedimento cirúrgico pode ser executado sem a presença ou atuação do profissional.

Por esses motivos, o Anestesista é considerado uma peça-chave nas instituições de saúde, como hospitais, clínicas e centros de atendimento de urgências. Alguns fatores, como a expansão das redes hospitalares públicas e privadas no Brasil, ampliam os campos de atuação do profissional e colaboram para o aumento da sua visibilidade no país.