8 Principais Símbolos de Carnaval e seus significados  

Carnaval é tempo de muita alegria, e seus símbolos refletem o clima de diversão das festas. Confira os oito principais símbolos do Carnaval brasileiro e seus significados. Carnaval brasileiro.

0

Carnaval é tempo de muita alegria, e seus símbolos refletem o clima de diversão das festas. Confira os oito principais símbolos do Carnaval brasileiro e seus significados. Carnaval brasileiro.

1 Máscara de Carnaval

Máscara de Carnaval

O uso de máscaras no Carnaval brasileiro tem origem no costume de cidade italiana de Veneza no século XVII. Os nobres europeus usavam máscaras enfeitadas para manter o anonimato e aproveitar o carnaval junto ao povo. A tradição foi importada para Portugal e depois chegou ao Brasil onde é mantida principalmente nas festas carnavalescas de salão.

2 Sambista

Sambista

O samba  é o principal ritmo musical do Carnaval e o sambista é o responsável por cantar, tocar e dar ritmo e alegria ao samba.  É caracterizado por uma personalidade malandra e marota.

3 Rei Momo

Rei Momo

Surgiu no Brasil na década de 1930. É um personagem da mitologia grega que foi expulso do Olimpo porque zombava das divindades. Ele representa a alegria e espontaneidade do Carnaval.

4 Pierrô, Arlequim e Colombina

Pierrô, Arlequim e Colombina

Também elementos originados no Carnaval de Veneza na Itália. São personagens de teatro de rua que satirizavam os integrantes da nobreza. Os personagens chegaram ao Carnaval brasileiro no começo do século XX.  

5  Pandeiro

 Pandeiro

Instrumento musical de percussão utilizado nos sambas-enredo e marchinhas de Carnaval.

6 Confetes e serpentinas

Confetes e serpentinas

São bolinhas e fitas coloridas. Materiais simples usados para como os balões nas festas de aniversário, darem cor e movimento as festinhas de Carnaval.

7 Sombrinhas de Frevo

Sombrinhas de Frevo

Famoso símbolo do Carnaval de pernambuco, são coloridas e sempre abertas são usadas pelos dançarinos durante a dança de frevo, acompanhando o ritmo musical.

8 Bonecos gigantes

Bonecos gigantes

Conhecidos como símbolo do Carnaval de Olinda tem origem na Europa durante o período da  Idade Média, como manifestações de mitos pagãos. Na época da Inquisição Ficaram muito tempo escondidos.  

A tradição chegou ao Brasil na cidade de Belém do São Francisco, em Pernambuco. O boneco do Homem da Meia Noite (1932), a Mulher do Meio Dia (1937)  e o Menino da Tarde de Silvio Botelho são bonecos gigantes famosos.

 

Veja também: Símbolos do Carnaval para colorir

(Fontes: Símbolos.net.br, Sua Pesquisa.com, G1 Notícias, Pixabay)

 

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.