10 dicas para conseguir um novo emprego na quarentena

Confira ficas de como buscar um novo trabalho em um período onde a maior parte das empresas estão em corte de funcionários, congelamento ou home office.

Devido a crise econômica instalada no país pela pandemia do novo coronavírus, inúmeras empresas fizeram um corte em seu quadro de funcionários e congelaram novas contratações. Além disso, a maioria das empresas e startups que estão funcionando normalmente, adotaram o home office como modelo de trabalho.

No entanto, mesmo em home office, algumas empresas continuam contratando e fazendo boa parte ou todo o processo de admissão de forma online. E mesmo com o congelamento das contratações, alguns cargos são classificados como críticos e essenciais. Aquelas que ainda não podem contratar, seguem com seleções e entrevistas, com o objetivo de já ter um candidato quando a contratação for liberada.

Ou seja, nem tudo está perdido. É importante continuar ativo nas buscas por emprego e não desanimar frente ao cenário que estamos vivendo. Sendo assim, confira abaixo algumas dicas de como proceder com a busca por emprego nesse período.

1 – Atualize seu currículo

Dependendo da sua área de atuação, é importante também ter uma versão em inglês do currículo. Além disso, algumas empresas também solicitam um portfólio apresentando seus trabalhos e atividades. Um currículo bem feito pode ser o passaporte para a entrevista de emprego e, quem sabe, para a nova oportunidade profissional.

2 – Ative seu network

É importante avisar o seu círculo social que está em busca de um novo desafio, de preferência, o maior número de pessoas possível. Infelizmente, há pessoas sendo desligadas e esconder isso é um erro que dificulta que o profissional seja acionado para uma nova oportunidade de trabalho. A primeira e principal fonte de busca por um contratante continua sendo a indicação. Quanto mais pessoas souberem que está procurando uma vaga, maior as chances de você ser indicado.

3 – Atualize seu perfil no Linkedin

Ele deve ser um espelho do seu currículo físico. Atente-se as palavras chaves do seu perfil, elas devem estar relacionadas ao seu cargo. Por exemplo, se você era usuário chave do Software SAP, mencione isso no LinkedIn. Caso você atue em finanças e tenha o Conselho Regional de Contabilidade (CRC) ativo, também mencione isso no seu perfil. Seja sempre narrativo e descritivo ao máximo sobre seus cargos, funções e atividades. Quanto mais informações, mais fácil de ser encontrado pelos recrutadores.

4 – Disponibilize e-mail e telefone celular

Nos seus dados pessoais do currículo e Linkedin, disponibilize e-mail e telefone celular. Muitas vezes o recrutador tem dificuldade em falar com um candidato encontrado pelo Linkedin por falta de informações de contato. Não se esqueça de ativar seu celular para receber as notificações da rede. Assim, você verá  imediatamente se alguém te enviar uma mensagem por lá. Além disso, caso não atenda na hora, sempre retorne as ligações do celular: pode ser um recrutador à sua procura.

5 – Jamais coloque “em busca de recolocação”

No campo do seu cargo, não coloque “em busca de recolocação”, apenas coloque a sua função mais recente. É fundamental que essa parte seja preenchida, porque muitas vezes os perfis são buscados por algum filtro no campo do cargo.

6 – Use diversas plataformas de busca

Na busca por emprego, monitore as vagas em aberto em diversas plataformas. Esteja atento aos sites das consultorias, como Talenses, Mappit, Assigna e demais empresas de recrutamento do mercado, bem como também no próprio campo de vagas do Linkedin. Além disso, é sempre válido se candidatar a anúncios para conseguir uma maior chance de ser chamado.

7 – Amplie suas conexões

No Linkedin, você enxerga apenas até a sua terceira conexão e da, mesma forma, só tem o perfil visto por pessoas que sejam até a sua terceira conexão. Quanto maior for a sua rede de contatos, mais visível o seu perfil é para os recrutadores e, mais fácil você será encontrado. Busque por conhecidos e amplie sua rede de conexões do Linkedin.

8 – Participe de grupos

Outra forma de conseguir mais visualizações do seu perfil é por meio de grupos. Participe daqueles que tenham a ver com a sua carreira ou localização geográfica. Caso você atinja o limite de grupos possíveis, opte sempre pelos grupos com o maior número de profissionais.

9 – Compartilhe conteúdos relevantes

Em suas redes socais, compartilhe conteúdos relevantes, evite entrar em polêmicas e não seja uma pessoa negativa que só reclama. Dessa forma, a chance das pessoas terem uma boa impressão sua e de compartilhar seus artigos e posts, aumenta. Consequentemente, seu perfil será mais visualizado.

10 – Use foto no perfil

Tenha uma foto no seu perfil de Linkedin, de preferência, em que você esteja sorrindo e com uma apresentação mais profissional. Isso ajuda a tornar o seu perfil mais atrativo.

Gostou das dicas? No vídeo abaixo, aprenda como criar o perfil ideal no Linkedin.

Leia também: Linkedin divulga nova ferramenta com inteligência artificial para entrevistas de emprego

Como fazer perfil no LindekinComo usar o LinkedinDicas para conseguir empregoEmprego em quarentena