Ajudando seu filho adolescente a lidar com o Bullying

A inovação da tecnologia moderna, embora tenha benefícios, trouxe consigo algumas circunstâncias muito negativas - uma delas é o bullying.

O bullying é algo que infelizmente acontece com muita frequência em nossa sociedade.

A inovação da tecnologia moderna, embora tenha benefícios, trouxe consigo algumas circunstâncias muito negativas – uma delas é o bullying generalizado. Veja como você, como pai, pode ajudar seu filho adolescente a lidar com essa situação difícil.

Por que as pessoas intimidam?

O bullying acontece quando alguém direciona sua mágoa, raiva e frustração para outro indivíduo. Talvez o agressor se sinta invisível e esteja sendo ignorado ou magoado por pessoas importantes em suas vidas.

Baixa autoestima, situações domésticas difíceis, ciúme e pensamentos intolerantes podem fazer com que o indivíduo use o bullying como forma de aliviar sua raiva ou de fazer com que se sinta mais importante ao menosprezar os outros.

Por que o bullying parece estar cada vez mais comum?

O bullying sempre existiu, mas com a criação e popularidade da internet e das mídias sociais, ele cresceu fora de controle.

Em vez dos adolescentes conseguirem escapar do bullying quando saem da escola ou das atividades extracurriculares, seus problemas os acompanham por toda parte. A perseguição online está se tornando mais comum, em que os agressores podem seguir e assediar suas vítimas e se recusar a deixá-los sozinhos a qualquer momento.

O bullying diminui drasticamente a autoestima de uma criança. Faz com que se sintam inseguros e é um catalisador para a depressão e a raiva. O bullying pode eventualmente levar a vítima a se tornar um agressor, em uma tentativa de retirar o poder de quem a feriu.

Adolescentes que sofrem bullying começam a achar difícil confiar em alguém, e esse sentimento geralmente dura até a idade adulta.

Como ajudar seu filho vítima de bullying?

Ensine seu filho sobre seus direitos como indivíduo. Se o seu filho está sendo discriminado e levado a se sentir inseguro, a lei está do lado dele. Crimes de ódio são ilegais. Todo adolescente tem o direito de se sentir seguro, protegido e livre de qualquer ameaça ou violência.

Se o seu filho adolescente está sofrendo bullying, entre em contato com as autoridades competentes, sejam elas as autoridades da escola ou a polícia.

Monitore o uso da internet e certifique-se de que seu filho não está sendo ameaçado ou intimidado por outras pessoas. Acima de tudo, ensine-o a confiar em sua intuição.

Se ele está sofrendo bullying, você é o maior defensor. Use sua voz para defender seu filho e ofereça seu colo para quando ele precisar de algum carinho e converse com ele. Deixe seu filho saber que ele é importante. Se for necessário, mude-o de escola.

Veja também:

bullying