5 Brincadeiras para gincana infantil – Ideias simples e divertidas

Confira 5 ideias divertidas de brincadeiras para compor sua gincana!

Divertir com os amigos, rir, movimentar o corpo e diversos outros são os benefícios de brincar na infância. Assim, uma gincana é uma ótima opção para engajar crianças.

Uma gincana é um tipo de competição recreativa que tem como objetivo pôr à prova as habilidades físicas ou mentais dos participantes. Elas são compostas por diversas brincadeiras e para te ajudar na missão de escolher as melhores, selecionamos 5 ideias de brincadeiras para gincana infantil.

Cabo de guerra

Brincadeiras para gincana infantil – Cabo de guerra

O cabo de guerra é um clássico da gincana. Para jogar, basta separar o público em dois times, que seguram cada ponta de uma corda. Após marcar uma linha ao meio, devem tentar fazer o time adversário ultrapassá-la.

Coelho sai da toca

Brincadeiras para gincana infantil – Coelho sai da toca

Para brincar, é necessário dividir as crianças em trios, com uma sendo a primeira caçadora. Nos grupos, dois participantes devem dar as mãos por cima do terceiro, formando uma toca.

Quando o caçador falar coelho sai da toca, os coelhos devem sair das tocas e procurar outra toca. Nesse período, o primeiro coelho que o caçador tocar se torna o novo caçador.

Corrida de ovo

Brincadeiras para gincana infantil – Corrida de ovo

Como uma corrida comum, delimite um ponto final. Em seguida, posicione as crianças e entregue uma colher com um ovo. O objetivo é chegar ao final da corrida com o ovo equilibrado na colher.

Alfândega

Brincadeiras para gincana infantil – Alfândega

Divida as crianças em dois ou mais grupos. Um integrante de cada time sai do ambiente e, juntos, decidem qual será a regra da alfândega, por exemplo, só passam alimentos.

Em seguida, cada grupo deve fazer uma pergunta como Pode passar celular?, até que o primeiro time acerte.

Torta na cara

Brincadeiras para gincana infantil – Torta na cara

Em grupos, cada integrante deve disputar com outro adversário. Então, uma pergunta deve ser feita e, aquele que acertar primeiro, evita um prato cheio de chantilly no rosto.

Leia também:

brincadeiras