Campos de concentração nazistas

Os campos de concentração nazistas foram os locais que abrigavam os prisioneiros da Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial.

Os campos de concentração eram construções militares que tinham como finalidade prender prisioneiros de guerra ou prisioneiros políticos.

Eles já existiam na Europa antes da Segunda Guerra Mundial. Os prisioneiros tinham que realizar trabalhos forçados, eram tratados com violência e viviam em condições precárias.

Os nazistas viram nesses locais a possibilidade de alcançar seu objetivo: exterminar pessoas. O que melhor simboliza o Holocausto, são os campos de concentração e extermínio.

Origem dos campos de concentração nazistas

Os primeiros campos de concentração surgiram por volta do século XVIII e tinham por objetivo prender prisioneiros de conflitos perdidos. O fim obrigatório desses locais não era a morte.

Contudo, a partir da ascensão da Alemanha Nazista, eles começaram a ser vistos e usados para outra finalidade. O que acabou por alterar o seu significado, pois quando se diz “campos de concentração”, logo se pensa nas mortes e extermínios ocorridos durante Segunda Guerra.

Os campos de concentração nazistas foram criados, inicialmente, para prender opositores políticos, como comunistas e socialistas. Com o passar do tempo, eles se destacaram através do processo da “mecanização da morte” por meio das câmaras de gás.

Após a morte por asfixia, o corpo dessas pessoas eram incinerados em equipamentos construídos justamente para essa finalidade.

O primeiro a ser construído pelos nazistas foi o campo de concentração de Dachau, próximo a Munique, na Alemanha, em 1933.

Entretanto, no decorrer da guerra, foram sendo construídos campos de concentração espalhados por toda a Europa. Cada um possuía uma função específica. Algumas delas, eram:

  • Trabalho;
  • Extermínio: os prisioneiros eram direcionados para a morte em câmaras de gás;
  • Prisão;
  • Internação;
  • Trânsito: concentravam um grande número de prisioneiros (maioria judeus) e os transportavam aos campos de extermínio.

O fato de cada campo de concentração ter a sua função, não impedia que ocorressem mortes. A mortalidade se mantinha alta nesses ambientes por conta da falta de estrutura e violência.

Existiram vários campos de concentração nazistas, os principais foram:

  • Auschwitz, Polônia;
  • Belzec, Polônia;
  • Chelmno, Polônia;
  • Jasenovac, Croácia;
  • Majdanek, Polônia;
  • Sobibor, Polônia;
  • Treblinka, Polônia;
  • Varsóvia, Polônia;

Eles carregam o título de “principais” por terem sido os mais violentos, praticando milhares de assassinatos cruelmente.

Alguns dos países que receberam campos de concentração foram: Alemanha, Polônia, Noruega, Estônia, Croácia, Áustria, Itália, França e Ucrânia.

Campos de extermínio

Houve campos de extermínio que tinham por finalidade o extermínio em massa de seus prisioneiros, principalmente dos judeus.

Esses campos faziam parte de um plano nazista chamado de “Solução Final“, que consistia no aniquilamento de todos os judeus da Europa. As mortes ocorriam em escala industrial.

Alguns dos campos construídos para essa finalidade, foram:

Todos localizados na Polônia. Juntos, esses campos somam mais de 2 milhões de mortes.

Elas ocorriam por meio de torturas, fome, frio, doenças e através das câmaras de gás que foram criadas para matar pessoas em larga escala.

Sonderkommando

Os sonderkommandos foram grupos formados por prisioneiros que atuavam nos campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Representavam uma minoria e desfrutavam de um tratamento diferenciado, com uma alimentação melhor.

Eles exerciam algumas funções específicas dentro dos campos de concentração, como varrer, lavar, traduzir, além de serem mensageiros.

No entanto, as principais obrigações eram: conduzir as pessoas às câmaras de gás, transportar os cadáveres aos fornos crematórios e eliminar as cinzas dos corpos.

Todo o trabalho era supervisionado pelos nazistas.

Os prisioneiros que ocupavam esses cargos eram trocados com uma certa frequência, tendo o mesmo destino de suas vítimas.

Experimentos com seres humanos nos campos de concentração

Os experimentos com seres humanos feitos nos campos de concentração nazistas eram muitas vezes dolorosos e cruéis, provocando muitas mortes entre os prisioneiros.

Chegavam a ser utilizados como cobaias para:

  • Congelamentos (para análise da hipotermia);
  • Câmaras de pressão (para ajudar os pilotos alemães a aguentaram grandes alturas);
  • Beber água salgada (para investigar a potabilidade da água);
  • Desenvolvimento de vacinas e medicamentos, entre outras atrocidades.

Campo de Auschwitz

Foi o maior e mais conhecido campo de concentração nazista. Inaugurado em 1940, na Polônia, se tornou o símbolo do Holocausto alemão.

Considerado o mais cruel e violento da Alemanha nazista, o extermínio de seus prisioneiros se dava em escala industrial – principalmente dos judeus – nas câmaras de gás.

Estima-se que mais de 1 milhão de pessoas foram mortas nesse campo, sendo a maioria de judeus.

Foi o campo de concentração nazista que mais matou pessoas.

É considerado o maior centro de concentração e extermínio da Alemanha, durante a II Guerra Mundial.

Holocausto

O Holocausto foi o genocídio de milhares de pessoas: negros, homossexuais, ciganos, testemunhas de jeová, opositores políticos, etc.

Contudo, o principal grupo atingido, foram os judeus.

Os nazistas partiam da crença de que a raça alemã era superior às demais e que os judeus eram responsáveis por todos os males.

No período da Segunda Guerra, o antissemitismo passou a ser pregado massivamente entre a sociedade alemã, provocando uma perseguição intensa a eles, fazendo com que muitos fugissem do país.

O massacre dessas pessoas ocorria em campos de concentração e de extermínio criados exclusivamente para essa função: aprisionar e matar pessoas.

Imagens dos campos de concentração nazistas

Fornos crematórios dos campos de concentração nazistas
Homens se alimentando em campo de concentração nazista
Crianças presas em campo de concentração nazista
Mulheres presas em campo de concentração nazista

Confira também:

Campos de concentração nazistasCampos de extermínio nazistasExperimentos com humanosHolocaustoPovo judeuRegime nazista