Como escrever um discurso – Dicas para elaborar um discurso profissional

Um discurso pode ser um momento de alta tensão, mas seguindo esses passos você pode acertar e cativar o público. Confira!

Um bom discurso pode ser lembrado por décadas ou séculos. Discursos famosos como os de figuras como Martin Luther King, Nelson MandelaMahatma Gandhi passaram por processos de criação.

Você pode achar que é difícil escrever um discurso, mas vamos te apresentar um formato simples que pode ser separado e estudado. Assim, para escrever, não é necessário ter a oratória como talento, desde que tenha o cuidado de seguir esses passos.

Confira esses quatro passos de como escrever um discurso.

1. Planejamento

Antes de começar a escrever, anote:

  • Tema
  • Duração
  • Objetivo
  • Tamanho do público
  • Perfil do público
  • Interesse do público
  • Acústica do local

O tema será o tópico do discurso, a duração é o tempo máximo que você tem para falar e pode ser modificado para menos de acordo com os demais tópicos.

O objetivo é o que você pretende alcançar com o discurso, por exemplo, quais emoções e conclusões você quer que o público tenha. A plateia é muito importante para considerar, uma vez que, se for um público pequeno, você pode ser mais intimista. Um público grande necessita de mais cuidado para manter a atenção.

O perfil do público é quem eles são e a capacidade de atenção, interpretação e compreensão. Já o interesse do público é o que eles esperam do seu discurso e do evento em que será apresentado.

Por último, a acústica e recursos de som são importantes para ditar a sua capacidade de fala. Em uma multidão ou espaço aberto em que é necessário falar mais alto, é possível que um discurso longo seja cortado com o cansaço vocal.

Outro ponto que deve ser considerado é a qualidade do som, já que o microfone pode tornar difícil entender com clareza as palavras ditas.

2. Introdução

A introdução deve cativar os ouvintes e incitar curiosidade. Lembre-se de fazer uma saudação e apresentação.

Na apresentação, é necessário dizer seu nome, seu cargo e sua ligação com o tema, caso haja. Por exemplo, em um discurso sobre o Dia das Mães, é interessante que a pessoa fale sobre ser filho/a, pai/mãe e demais ligações com uma mãe.

Também, um agradecimento pela oportunidade e atenção é uma boa forma de se conectar com o público. Assim, ainda na introdução, apresente o tema e alguns tópicos-chave para incitar curiosidade.

3. Desenvolvimento

Divida sua fala em tópicos que caibam dentro do tempo de forma confortável e sem pressa. Para um discurso de cinco minutos, procure ter, no máximo, três tópicos. Com esses tópicos e palavras-chave, será mais fácil garantir coesão e evitar esquecimentos.

Nesse momento, uma boa tática é contar uma história com uma problemática central para que, no final, você apresente sua solução.

4. Conclusão

Relembre qual foi a problemática inicial e apresente uma solução. Incorpore o público ao discurso, fazendo com que as pessoas possam aprender com ele. Além disso, faça um agradecimento final e conclua com uma frase de impacto que resuma a ideia principal do texto e fique na cabeça dos ouvintes.

Leia também:

Discurso