Crocodilo-de-água-salgada

Imagine-se relaxando em uma praia, com os pés na areia, tomando um suco ou água de coco, quando de repente surge um crocodilo... Isso é possível? Conheça o crocodilo-de-água-salgada.

Já pensou em andar pela praia e encontrar um crocodilo? Esse cenário é possível, já que existe o crocodilo-de-água-salgada. Também conhecido como crocodilo-marinho ou crocodilo-poroso, ele é o maior réptil da atualidade. Podendo ser encontrado nos oceanos Índico e Pacífico, o animal gigante habita regiões inesperadas, porém também transita por rios e estuários.

Possuidor de dentes tenebrosos e uma mordida que pode gerar a pressão de 1,6 toneladas (a mais forte do mundo!), o crocodilo-de-água-salgada é um animal que é necessário conhecer caso você navegue por seu habitat.

Aparência do crocodilo-de-água-salgada

Crocodilo-de-água-salgada

O crocodilo-de-água-salgada é uma espécie que apresenta grande dimorfismo sexual, que é quando os sexos possuem tamanhos ou demais características diferentes. Os machos podem atingir entre seis e sete metros de comprimento e pesar até 1500 kg. Já as fêmeas raramente ultrapassam o tamanho de três metros.

Na sua cabeça, relativamente grande em comparação ao corpo, há duas cristas em torno dos olhos e de 64 a 68 dentes poderosos, capazes de quebrar um crânio bovino com apenas uma mordida. Os jovens da espécie são amarelos com riscas ou pintas escuras, já na fase adulta, ficam uniformemente escuros.

Habitat e reprodução do crocodilo-de-água-salgada

O réptil pode ser encontrado tanto em rios e estuários como em áreas costeiras desde a costa leste da Índia, de Bangladesh, Myanmar e Tailândia às Ilhas Andaman e Nicobar. Além disso, habita a maior parte das ilhas da Indonésia, da costa do Vietnã às Ilhas Salomão e Filipinas, porém, é mais comum no Norte da Austrália e Nova Guiné.

Quanto à reprodução, a fase ocorre entre março e novembro em zonas de água salgada. Para atrair fêmeas, os machos defendem territórios, expulsando possíveis competidores, e emitem sons chamativos. Os ovos fecundados, entre 40 e 60, são enterrados em lama e incubados por cerca de 90 dias, com a presença constante da mãe.

Uma vez que a fêmea ouve os sons dos filhotes prontos para serem libertos, esta desenterra-os da lama. Uma característica interessante é a forma pela qual o sexo é definido, que ocorre de acordo com a temperatura nos primeiros dias de incubação.

Ao sinalizar para a mãe que estão livre das cascas dos ovos, a fêmea escolta cada filhote para a água e os protege até que consigam nadar. A maioria das crias morre predada por outros animais, mas, à medida que crescem, tornam-se mais imponentes.

Os machos, por sua vez, toleram filhotes em seus territórios. Contudo, assim que os jovens crescem, são expulsos do local. Os machos expulsos andam pela costa à procura de demarcar um território. Eles atingem a maturidade sexual aos 16 anos, já as fêmeas demoram de 10 a 12 anos.

Alimentação do crocodilo-de-água-salgada

A alimentação do crocodilo adulto é exclusivamente carnívora, incluindo tartarugas, búfalos, macacos, entre outros animais. Os jovens alimentam-se de insetos, crustáceos, anfíbios e pequenos peixes.

Esse réptil aproveita da distração dos animais que buscam água nos rios ou áreas costeiras e os mata em uma única bocada. Em seguida, consome suas carcaças no fundo da água.

Leia também:

Reino Animalia