Recursos para ampliar o debate racial com seus alunos

Confira os recursos que selecionamos para ampliar o debate racial em sala de aula!

Contribuir para o avanço da conscientização histórica e social das crianças e adolescentes é uma tarefa que deve ser assumida pela escola e pela família.

O trabalho pedagógico voltado para a construção de um cidadão questionador e participativo deve ocorrer por meio de variadas abordagens, como através de datas comemorativas importantes.

Um das formas de iniciar o debate racial, pode ser por meio da abordagem do Dia da Consciência Negra, data que visa refletir sobre o longo período de escravidão da população negra e todas as suas consequências, ao mesmo tempo em que valoriza a influência da cultura africana para a formação da cultura brasileira.

Mesmo sendo um tema histórico que busca incentivar a consciência histórica de uma sociedade fortemente marcada pela escravidão, o debate racial é complexo e atual. Além disso, ele visa enriquecer as aulas com diálogos sobre o preconceito, racismo, desigualdade racial e social.

Por isso, reunimos alguns recursos para ampliar o debate racial com seus alunos.

Recursos para ampliar o debate racial

Vejamos alguns recursos que selecionamos que visam contribuir para a ampliação do debate racial com seus estudantes:

  • Leitura de textos e matérias jornalísticas atuais que problematizem o racismo;
  • Reprodução de filmes e documentários que promovam reflexões sobre a questão do racismo e desigualdade racial;
  • Realização de leituras de livros literários de autores negros e autoras negras;
  • Assistir entrevistas realizadas com pessoas negras.

Recursos para cada disciplina

Selecionamos alguns recursos que podem ser utilizados por professores de diferentes disciplinas, com o objetivo de contribuir para o enriquecimento do debate racial construído em sala de aula com seus estudantes.

História

  • Problematizar o período da escravidão no Brasil;
  • Falar sobre o surgimento das comunidades quilombolas;
  • Mostrar o contexto da criação das Leis abolicionistas;
  • Falar sobre o contexto da abolição da escravatura, problematizando o fato de o Brasil ter sido o último país a acabar com a escravidão;
  • Questionar a ausência de políticas públicas que beneficiassem a população negra após a abolição (falta de oferta de emprego, educação, saúde e moradia) e a forma como tal realidade continua impactando negativamente a vida dos negros;
  • Falar sobre a implementação do Dia da Consciência Negra (explicar a escolha da data).

Sociologia

  • Questionar a desigualdade social histórica da população negra;
  • Promover debates sobre a marginalização dos negros no Brasil;
  • Problematizar as relações de trabalho na contemporaneidade;
  • Falar sobre a dificuldade da população negra de acessar direitos básicos, como saúde e educação de qualidade;
  • Explicar a criação da Lei de Cotas.

Matemática

  • Mostrar dados socioeconômicos que descrevem a desigualdade racial e social no Brasil;
  • Comparar, através de cálculos, os gráficos que retratam tais desigualdades nas últimas décadas;
  • Analisar se houve saltos ou permanências no que diz respeito aos avanços dos direitos da população negra.

Português

  • Realizar a leitura de textos que falem sobre a questão racial no Brasil;
  • Apresentar propostas de produções textuais voltadas para a questão racial;
  • Utilizar diferentes gêneros textuais para a produção dos textos.

Literatura

  • Apresentar escritores e escritoras negras aos estudantes;
  • Realizar breves leituras sobre a biografia dessas pessoas;
  • Indicar leituras sobre suas obras e promover debates sobre o contexto histórico e social em que foram produzidas;
  • Falar sobre a importância de tais leituras para a compreensão da nossa realidade.

Arte

  • Mostrar algumas produções artísticas específicas dos povos africanos;
  • Falar sobre as diferentes expressões de artes presentes em nosso país que foram influenciadas pela cultura africana;
  • Apresentar artistas negros brasileiros que desenvolvam produções artísticas, tais como grafite, telas, música, poemas.

Ciências

  • Falar sobre traços fenotípicos;
  • Características pessoais;
  • Reconhecimento das particularidades físicas de cada pessoa;
  • Promover o respeito às diferenças.

Geografia

Saiba mais em:

consciência negra