Resultado do Enem 2020: Quando sai e como acessar?

As notas do principal método de ingresso no ensino superior estão previstas para março de 2021. Confira quando e como acessar!

Nesta edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), houve cerca de 2,4 milhões de inscritos, segundo o Ministério da Educação. No ano de 2021, com o adiamento das provas por conta da pandemia do coronavírus, o Enem ocorrerá nos dias 17 e 24 de janeiro (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro (versão digital).

Para aqueles que realizaram o exame, a espera pelo resultado pode ser a pior parte. Assim, no dia 29 de março, os candidatos terão a resposta. Já os treineiros, que não concluíram o ensino médio, só terão acesso às notas no dia 29 de maio.

Os estudantes poderão conferir os resultados somente pela Página do Participante. Dessa forma, é comum ocorrer o sobrecarregamento da página, fazendo com que fique mais lenta que o normal.

Apesar de não haver horário definido, confira quando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), organizador do Enem, liberou as notas nos últimos anos:

  • Enem 2019 — depois das 8h;
  • Enem 2018 — 8h30;
  • Enem 2017 — 11h50;
  • Enem 2016 — 12h;
  • Enem 2015 — 18h;
  • Enem 2014 — 20h.

Como calcular a média no Enem

A nota do Enem é feita por meio do cálculo da média das provas. Sendo assim, é necessário somar as notas de cada prova e dividir por 5, que é o número de provas. Segue o exemplo:

  • Linguagens e Códigos — 700;
  • Redação — 920;
  • Ciências Humanas — 750;
  • Ciências da Natureza — 700;
  • Matemática — 680.

Cálculo: (700+920+750+700+680) / 5 = 750.

Como usar a nota do Enem 2020

A nota do Enem pode ser aplicada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que substitui o vestibular de diversas instituições de ensino superior públicas. As inscrições abrirão em abril.

Já como o resultado do Enem 2020 sairá em março, as notas não poderão ser utilizadas no Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2021/1 e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2021/1. Contudo, é provável que a nota possa ser aplicada no segundo semestre deste ano.

Assim, várias instituições fazem uso da nota do Enem, logo, é possível ingressar no ensino superior sem utilizar os métodos citados acima.

Leia também:

enem