Veja como ser fiscal do Enem 2021 e ganhar até R$ 720

Provas serão aplicadas em dois dias diferentes. Inscrições para fiscais estão abertas. Os selecionados passarão por um treinamento antes de assumirem os cargos.

O Ministério da Educação (MEC) abriu inscrições para certificadores do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. Os cargos são para encarregados da aplicação da prova do exame. Ou seja, os selecionados atuarão como fiscais de sala de aula e de corredores.

Os selecionados passarão por um treinamento antes de assumirem os cargos. Para se tornar um certificador é necessário passar por essa etapa. Assim, estarão aptos ao trabalho apenas aquelas pessoas que concluírem, no mínimo, 70% de aproveitamento do curso.

Leia também: Jovem Aprendiz Caixa 2021: Veja como será processo seletivo que abrirá 5 mil vagas

As vagas são destinadas para pessoas que atendam aos seguintes pré-requisitos:

  • É preciso ter, no mínimo, formação de ensino médio;
  • Não pode ter se inscrito para o exame deste ano;
  • Não pode ter cônjuge, companheiro ou parente próximo inscrito como participante do Enem 2021;
  • Ser servidor público do Poder Executivo Federal e professor efetivo e em exercício das redes públicas de ensino estaduais e municipais.

Veja como participar do processo seletivo:

Para se inscrever no programa de certificadores é preciso acessar o Portal da Rede Nacional de Certificadores. Através do site, o candidato pode realizar o cadastro. As inscrições devem ser feitas até o próximo dia 9 de agosto: http://certificadores.inep.gov.br/certificadores/.

É possível concorrer a vagas em até três municípios ou sub-regiões, dentre as opções disponíveis. No caso de inscritos professores, fica exigido o envio de uma declaração de docência.

A atividade proposta é remunerada e os selecionados receberão a quantia de R$ 360 por dia. Como a prova possui dois dias de aplicação, os valores podem chegar a R$ 720 para quem trabalhar em ambas as datas.

Provas serão aplicadas no mês de novembro

Tanto as provas digitais quanto as impressas serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro. Como de costume, portanto, serão dois dias de provas. A estrutura das provas é a mesma em ambas as modalidades (digital e impressa). Serão quatro cadernos de questões, mais a folha de redação.

O aluno enfrentará 45 questões de múltipla escolha – na versão digital, serão apresentadas na tela do computador. Enquanto a redação será feita em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação da versão em papel. Todos os concorrentes terão direito a rascunhos nos dois dias de prova.

Primeiro dia de provas do Enem 2021:

Duração máxima para resolução: 5h30m (cinco horas e trinta minutos).

  • Linguagens;
  • Códigos e suas tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas tecnologias; e
  • Redação.

Segundo dia de provas do Enem 2021:

  • Duração máxima para resolução: 5h (cinco horas).
  • Ciências da Natureza e suas tecnologias; e
  • Matemática e suas tecnologias.
enemEnem 2021Fiscal EnemÚltimas Notícias