11 Animais pré-históricos que dominavam o planeta Terra

Se você tem medo de grandes insetos e predadores sanguinários, ficará feliz dessas criaturas não estarem mais presentes na Terra.


Criaturas assustadoras como mastodontes, preguiças terrestres gigantes, tigres com dentes de sabre e até mesmo lobos gigantes (sim, eles eram reais – não apenas uma fantasia de “Game of Thrones”) foram extintos desde a última era glacial.

Isso não significa que você não poderá conhecer um pouco mais sobre essas criaturas pré-históricas. Ainda existem muitas espécies de animais selvagens que antecedem a história registrada, e que foram longamente estudados.

Conheça a seguir algumas das criaturas pré-históricas mais notórias.

1 Tigre-de-dentes-de-sabre

Tigre-de-dentes-de-sabre

O Smilodon viveu na América do Norte até cerca de 13.000 anos atrás, o que significa que provavelmente interagiu com os primeiros humanos.

Eles eram apenas carnívoros e tinha presas de enormes. Evidências indicam que eles caçavam em bandos.

2 Arthropleura

Arthropleura

Com mais de um metro e oitenta de comprimento, essas criaturas artrópodes eram parecidas com piolhos-de-cobra.

Era o maior artrópode que conhecemos daquela época. Acredita-se que viveu no período Paleozóico tardio. Esse inseto gigante provavelmente não era um predador e comiam matéria orgânica em decomposição.

3 Epicyon

Epicyon

Antes de lobos vagarem por aí, um membro ainda maior da família canina viveu na Terra. O Epicyon habitou nosso planeta entre 12 e 6 milhões de anos atrás. Ele era do tamanho de um urso pardo e pesava até 300 quilos.

4 Urso-de-cara-achatada

Urso-de-cara-achatada

Aqueles grandes piolhos-de-cobra provavelmente não teriam se saído tão bem contra as maiores espécies de ursos que já existiram.

Esse urso gigante de cara achatada tinha uma força de mordida muito maior do que a dos ursos modernos. Além disso, eles tinham pernas longas, podiam correr rápido e tinham até três metros de altura.

5 Megalodon

Megalodon

No mundo dos grandes predadores, até mesmo os ursos de três metros não gostariam de se envolver com os maiores tubarões que já existiram.

Entre 16 e 2 milhões de anos atrás, essas criaturas de 15 metros de comprimento predavam baleias, aparentemente mordendo suas nadadeiras para imobilizá-las.

Segundo alguns estudos, a mordida de um megalodon seria forte o suficiente para esmagar um carro. Surpreendentemente, a maior parte do que os cientistas sabem sobre esse predador vem do estudo de seus dentes – como tubarões modernos, o resto de seu esqueleto era cartilagem, que se decompõe muito mais rapidamente que ossos.

6 Megapiranha

Megapiranha

Embora não tivessem o poder de esmagar um carro com sua boca, as mandíbulas desse parente extinto das piranhas modernas poderiam exercer uma força de até 50 vezes o peso do próprio peixe. Megapiranhas tinham um peso que chegava a 13 kgs e viviam na América do Sul entre 10 e 6 milhões de anos atrás, quando as cobras, peixes e crocodilos também eram gigantescos.

7 Meganeura

Meganeura

O que é tão assustador sobre uma “libélula”? Se você fosse um inseto menor ou um dos anfíbios ou outros vertebrados em volta de um lago há centenas de milhões de anos, você definitivamente não gostaria de ser avistado por Meganeura, o maior inseto voador conhecido.

Esses insetos viveram durante o mesmo tempo que Arthropleura , um período conhecido como o Carbonífero. Os enormes artrópodes foram extintos ou evoluíram para se tornar menores e ninguém sabe ao certo por quê.

8 Lobo-pré-histórico

Lobo-pré-histórico

Outro grande predador que é comumente encontrado no continente americano é esta espécie de lobo que tinha quase o mesmo comprimento que o lobo cinzento moderno. Eles tinham mandíbulas mais fortes do que os lobos cinzentos de hoje, o que significava (entre outras coisas) que eles eram bons em esmagar ossos. Eles foram extintos cerca de 10.000 anos atrás, enquanto seus primos menores ainda estão por aí.

Entre os alimentos favoritos dos lobos-pré-históricos estava o cavalo ocidental, que viveu na América até cerca de 11.000 anos atrás. Cavalos morreram nas Américas e só retornaram em 1493, quando a tripulação de Cristóvão Colombo os trouxe em navios.

9 Opabinia

Opabinia

Algumas criaturas parecem bem assustadoras, apesar de não serem enormes – como esse artrópode de 7 centímetros. O Opabinia tinha cinco olhos, trinta nadadeiras e um longo tubo saindo da frente de seu rosto que servia como uma armadilha venenosa.

10 Leão-americano

Leão-americano

Os leões americanos eram cerca de 20% maiores que os leões modernos. Eles foram extintos cerca de 13.000 anos atrás, na mesma época que os mamutes e outros animais grandes.

11 Josephoartigasia monesi

Josephoartigasia monesi

O Josephoartigasia monesi pode te deixar bastante feliz por estar vivo nos tempos atuais. Com cerca de 900 kgs (aproximadamente o tamanho de um touro moderno), o animal foi o maior roedor já nas Américas. Ele tinha dentes frontais gigantescos e um aspecto assustador.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More