Brasil faz acordo com Espanha para intercâmbio de estudantes

Acordo possibilitará intercâmbio de estudantes de graduação, mestrado, doutorado e gestores da área de educação.

0

O Brasil firmou um acordo com a Espanha para formação de professores e gestores, intercâmbio de estudantes e docentes e promoção de pesquisa em educação.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, e o embaixador da Espanha no Brasil, Fernando García Casas, assinaram um memorando de entendimento que prevê diversas ações de formação para difundir idioma e cultura, além de construir conhecimento em ambos países. A realização dos projetos terá apoio da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI).

“Nossas raízes linguísticas são muito próximas e temos muito a compartilhar. A língua não pode ser uma barreira. Temos muito conhecimento científico em ambos países. Temos muito a compartilhar sobre educação básica, formação de professores, gestão, e tantos outros pontos”, disse Soares.

O acordo prevê intercâmbio em áreas de formação docente e tecnologias pedagógicas; intercâmbio de estudantes de graduação, mestrado e doutorado; formação de docentes e pesquisadores; seminários, workshops e conferências, entre outras ações. A execução dependerá, segundo o texto assinado, da disponibilidade de recursos.

“O memorando será motor para a geração de conhecimento científico, para que sejam compartilhados não somente em inglês, mas em português e espanhol”, disse Casas.

O embaixador ressalta que Brasil e Espanha já são próximos. Cerca de 150 mil espanhóis residem no Brasil e mais de 100 mil brasileiros estão na Espanha, segundo ele.

No âmbito da OEI, o acordo firmado está alinhado ao Programa Ibero-Americano de Difusão da Língua Portuguesa, que foi apresentado e aprovado pelos ministros de Educação dos países que compõem o grupo.

“A nossa tarefa é, junto com os ministros de Educação dos países, executar tudo que é necessário para o projeto. Trabalhar com formação de docentes, propostas curriculares, com intercâmbio cultural”, diz o secretário-geral da OEI, Mariano Jabonero. As informações são da Agência Brasil.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.