FGTS: Está liberado saque de até R$ 1 mil para nascidos em setembro

Os trabalhadores nascidos em setembro já podem sacar o valor na poupança digital.

Trabalhadores nascidos em setembro já podem receber até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O dinheiro, que foi liberado no dia 28 de maio, é depositado em uma conta digital que normalmente é usada para o pagamento de benefícios sociais e previdenciários pela Caixa Econômica Federal. Nesse sentido, confira mais detalhes sobre o calendário atualizado do saque do FGTS.

Leia mais: 1º lote de restituição do IR é aberto pela Receita para consultas

Valor do saque do FGTS está liberado para trabalhadores nascidos em setembro

A única forma de ter acesso aos valores do saque do FGTS é usando o aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS), que permite pagar contas domésticas e fazer compras virtuais em locais não convenientes. O Caixa Tem também permite a retirada de fundos de contas bancárias eletrônicas e a transferência de dinheiro para contas de terceiros.

A liberação dos recursos segue um cronograma baseado no mês de nascimento, conforme o calendário, que foi divulgado em março. Assim, os trabalhadores poderão ter acesso ao dinheiro até o dia 15 de junho. Todo o procedimento de solicitação de saque é informatizado. Por isso, o cidadão não precisará se deslocar a uma agência do banco, e em vez disso, fará todo o procedimento pelo celular.

No entanto, o trabalhador deve estar atento. Isso porque, de forma geral, o dinheiro será depositado direto na conta poupança, mas se os dados estiverem incompletos isso não será possível. Nesse caso, o trabalhador deverá solicitar a liberação dos recursos.

Calendário do FGTS atualizado

  • 28 de maio para os nascidos em setembro;
  • 1º de junho para os nascidos em outubro;
  • 8 de junho para os nascidos em novembro;
  • 15 de junho para os nascidos em dezembro.

Como vai funcionar a retirada do dinheiro?

O trabalhador também deve estar atento a outro ponto em relação à retirada de dinheiro. Os recursos ficarão disponíveis até o dia 15 de dezembro e serão devolvidos à conta do FGTS após essa data caso o dinheiro não seja gasto, sacado ou transferido para outra conta.

O dinheiro não movimentado será devolvido ao FGTS com as devidas correções feitas pela devolução do Fundo de Garantia referente ao período em que estava preso em uma conta digital.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More