A clonagem de animais de estimação está se tornando cada vez mais popular

A clonagem de cachorros é uma ideia que está, cada vez mais, beirando a realidade. Entenda como funciona.

Hoje em dia, os pets são praticamente considerados membros da família. Nesse sentido, quando eles morrem, acabam deixando um buraco muito grande pela sua falta. Esse foi um dos principais motivos pelo qual começaram a tentar produzir a clonagem de animais de estimação, no intuito de que eles estivessem para sempre por perto. Entenda mais sobre o avanço nos estudos da clonagem de animais.

Leia mais: Saiba mais sobre clonagem e os tipos

Saiba mais sobre a clonagem em animais de estimação

A clonagem de animais de estimação está sendo cada vez mais implementada e aceita no mundo, no intuito de fazer com que os tutores sempre tenham sempre seus companheiros. A Coreia do Sul é a líder do setor, tendo produzido seu primeiro clone em 2005, seguido pelos EUA em 2015 e pela China, que começou em 2019.

Para clonar um animal, os cientistas cultivam suas células em laboratório e as injetam em um óvulo sem núcleo. O óvulo passa por uma série de processos antes de se tornar um embrião. Após atingir esse estágio, ele é colocado no útero de uma barriga de aluguel, o que resulta na clonagem do animal.

O procedimento é para um pequeno número de pessoas, por ser de alto custo. A ViaGen, por exemplo, cobra US$ 50 milhões (R$ 230 milhões) para clonar galinhas, US$ 30 milhões (R$ 140 milhões) para clonar gatos e US$ 85 milhões (R$ 400 milhões) para clonar cavalos. Pessoas famosas como Barbra Streisand e Simon Cowell já criaram cópias de seus cães com a empresa.

Animais clonados são iguais?

Visualmente, o novo animal é idêntico ao anterior, mas seu comportamento pode variar muito. São como irmãos gêmeos que passam por diferentes experiências de vida e, como resultado, desenvolvem personalidades diferentes.

Contudo, a clonagem de animais levanta preocupações éticas. Alguns especialistas, como Penny Hawkins, afirmam que a preparação do feto para a ovulação pode ser dolorosa e angustiante. Além disso, o procedimento faz com que mais animais sejam comercializados, enquanto outros passam a vida inteira em abrigos.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More