Bill Gates: Confira como o prodígio da informática está contribuindo para um mundo melhor

Muita gente sabe que Bill Gates é uma das pessoas mais ricas do mundo, mas ele está longe de ser somente isso.

Muitas pessoas conhecem Bill Gates há anos como um dos homens mais ricos do mundo, e ele se tornou referência nesse quesito. Porém, o que muitos não sabem é que o cofundador da Microsoft tem feito contribuições importantes para o planeta. Continue a leitura e entenda como Bill Gates está ajudando o mundo.

Leia mais: Oxford investirá mais de R$ 40 milhões em suas unidades industriais

Um pouco da trajetória de Gates

O que levou Bill Gates ao topo da lista de bilionários foi o sucesso à frente da Microsoft, às custas de muitas madrugadas em claro, nas quais ele e seus sócios de negócios desenvolveram os softwares da companhia.

Pai de três filhos, Gates se engajou em causas filantrópicas ao redor do mundo junto com sua esposa, Melinda. O casal passou a se dedicar a tentar solucionar problemas globais de saúde como, por exemplo, a erradicação de doenças e a acessibilidade de sistemas de saneamento.

Causas sociais

Com sua esposa, Bill Gates comanda a fundação global de filantropia mais rica do mundo (Bill e Melinda Gates), com uma verba de cerca de US$ 50 bilhões usados em projetos sociais.

Além disso, o bilionário montou uma campanha global junto com seu amigo Warren Buffett, também bilionário, no intuito de fazer super-ricos doarem parte de sua fortuna para as causas sociais, e assim prestar auxílio para as pessoas que mais precisam.

Saneamento para todos

A fundação Bill & Melinda Gates desenvolveu uma espécie de competição, de modo a repensar o vaso sanitário, visando chegar a um novo modelo que pudesse tratar o esgoto sem a necessidade de água ou de encanamentos externos, e, além disso, que tivesse um custo acessível.

Ajuda a países em situação de vulnerabilidade

Gates já injetou seu dinheiro em causas para ajudar países que estavam passando por situações de vulnerabilidade, como no período em que o Haiti foi devastado por um terremoto, em 2010, por exemplo.

Força-tarefa para evitar novas pandemias

Pensando em garantir condições para que os países estejam preparados contra um próximo agente infeccioso desconhecido, Gates propôs a criação de uma espécie de força-tarefa internacional de vigilância.

A ideia é que seja contratada uma equipe de três mil profissionais qualificados, que serão coordenados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dessa forma, as equipes deverão auxiliar agências nacionais de saúde em estudos sobre novos focos de surtos e doenças que tenham potencial para se tornarem pandemias.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More