As máquinas de venda japonesas que fazem sucesso no mundo; como adquirir?

A mistura de tecnologia de ponta e praticidade fez com que todo o mundo adotasse essas máquinas japonesas.

Em estações de metrô, shoppings, universidades ou até mesmo nas ruas: as máquinas de venda japonesas estão em todos os lugares. Elas são muito práticas e as vezes salvam quem está com fome ou sede no meio da rua. Mas você já pensou sobre como elas funcionam ou como elas surgiram? Se não pensou, mas está curioso (a), confira aqui algumas respostas e informações sobre esse fenômeno moderno.

Leia Mais: Relembre alguns produtos que fizeram muito sucesso, mas que faliram rápido.

Como surgiram as máquinas de venda

Nem todo mundo sabe, mas as máquinas de venda que dominaram o mundo é uma invenção japonesa. No caso, o objetivo inicial sempre foi comercial, com a oferta de produtos de consumo rápido do tipo lanche. Assim, as primeiras surgiram no Japão, na década de 1950, e contendo principalmente doces em seu interior.

Foto: Pixabay.

No entanto, na década de 1970 foi possível encontrar também bebidas, tanto quentes como frias, também para a comercialização. Com o passar do tempo, cada vez mais opções surgiram, como desafio para conseguir brinquedos, mas, em geral, a grande ênfase ainda é em lanches. Segundo estudiosos, a praticidade ao acesso desses alimentos é o que mais atrai os consumidores. Afinal, a máquina é uma excelente opção na ausência de uma lanchonete de rápido acesso, por exemplo.

Segurança para empreendedores

Com o passar do tempo diversos empreendedores dos mais diferentes países começaram a apostar nas máquinas de venda japonesas. Assim, elas chegaram a praticamente todo o mundo globalizado e tornaram-se um símbolo da modernidade. Um fator que ajuda muito a aumentar o interesse de novos empreendedores é o fator segurança. Isso ocorre já que a máquina proporciona uma renda que não exige um vendedor na rua e também é dificilmente assaltada.

Foto: canva.

Vale ressaltar que o material das máquinas costuma ser resistente e a preferência por máquinas de cartão de crédito contribuem para não atrair ladrões que desejam dinheiro físico.

Como ter uma máquina japonesa?

Para empreender nesse ramo é preciso, inicialmente, comprar uma das máquinas que têm preços que variam entre R$ 5 mil e R$ 50 mil.

Então, será necessário encontrar o lugar perfeito para as vendas. Algumas das opções mais comuns são as universidades privadas e os centros comerciais. Geralmente, esses espaços cobram um aluguel para a permanência da máquina, e o retorno do investimento pode vir em até seis meses.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More