Como separar sílabas

0 35

É importante compreender as regras de divisão silábica das palavras da língua portuguesa, esse exercício é muito importante para compreender como as letras se juntam para a formação das palavras. Conhecendo e entendendo as regras, a aplicação prática da divisão silábica ocorre quando é preciso separar uma palavra em outra linha durante a escrita, por exemplo.

Para dividir as sílabas de uma palavras, você deve observar que cada conjunto composto de letras formado uma sílaba representam os sons das palavras e devem ser grafados lado a lado separados com um hífen, como indica o seguinte exemplo:

coração →  co-ra-ção

Porém, nem todas as palavras se comportam como o exemplo acima, então, é importante saber quais são as regras a serem seguidas, entenda cada uma delas abaixo:

1) Temos na língua os chamados dígrafos, que são o conjunto de duas letras que representam um mesmo som (di = dois e grafo = letras).

Os dígrafos que devem se manter junto quando aplica-se a divisão são: lh, nh, ch, qu, gu, como expressam os exemplos:

filha → fi-lha
ninho → ni-nho
chave → cha-ve
quero → que-ro
sagu → sa-gu

Ao passo que as letras dos dígrafos rr, ss, sc, sç, xc, xs devem ser separadas, observe os exemplo:

terra →  ter-ra
passo → pas-so
crecer → cres-cer
nasça → nas-ça
exceto → ex-ce-to

2) Quando temos uma consoante muda, ou seja, aquelas que não são seguidas de vogal, ela deve ficar na sílaba da esquerda, veja:

adepto → a-dep-to
objeto → ob-je-to
submeter → sub-me-ter
caracteres → ca-rac-te-res
recepção → re-cep-ção

Porém, quando ocorrer no início da palavra, essa consoante deve se juntar à primeira sílaba:

psicólogo → psi-có-lo-go
pneumático → pneu-má-ti-co

Nos casos de prefixos como ‘des’, ‘sub’ e ‘bis’, quando se juntam a outras palavras iniciadas por consoante, cada consoante deve ficar em uma sílaba, de forma separada, pois cada uma delas é pronunciada diferentemente, observe os exemplos:

bisneto → bis-ne-to
sublingual → sub- lin-gual

Diferentemente dos casos que acompanham outras palavras iniciadas por vogal:

subentender →  su-ben-ten-der
desigual → de-si-gual
bisavô → bi-sa-vô

4) As palavras que possuem duas letras iguais de sons diferentes, essas letras devem ser separadas, como é o caso de:

seccional →  sec-cio-nal
(em que o primeiro ‘c’ possui som de ‘s’ e o segundo ‘c’ possui som de ‘k’)

5) As vogais de hiatos devem ser separadas, mesmo que diferentes uma da outra, como nos exemplo:

saída → sa-í-da
lagoa → la-go-a
enjoo → en-jo-o
hiato → hi-a-to

Quando são vogais iguais, eles devem também ser separadas, observe:

saara → sa-a-ra

6) As vogais e semivogais dos ditongos e tritongos não devem ser separadas, observe:

quaisquer → quais-quer
desiguais → de-si-guais
série → sé-rie
cílios → cí-lios
ambiguidade →  am-bi-gui-da-de
guerra → guer-ra

7) As letra de encontros consonantais formados por: consoante + l ou consoante + r não devem ser separados, conforme demonstram os exemplos:

declarar → de-cla-rar
flanela → fla-ne-la
preço → pre-ço
cravo → cra-vo

Portanto, saber como dividir as sílabas prepara você para escrever textos tendo em mente como deve separar as sílabas quando uma palavra não cabe mais na mesma linha, por exemplo. A separação desses casos não é aleatória, deve acompanhar as regras que veremos aqui.

Veja que as regras não são muitas, praticando é mais fácil de lembrar-se de cada caso, além de sempre ler e escrever bastante é um bom caminho para praticar e sanar as dúvidas ao se preparar para provas e redações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.