A frequência de limpeza do potinho do seu pet pode interferir na saúde dele

Estudos mostram que uma má limpeza do potinho pode afetar a saúde dos animais. Saiba como higienizá-lo corretamente.

Com que frequência você higieniza o recipiente de comida do seu pet? Alguns estudos recentes mostraram que a frequência com a qual se limpa o potinho dos animais pode interferir diretamente na saúde deles.

Assim, caso ela não seja feita da maneira correta, pode interferir de forma negativa na saúde do animal e até mesmo do homem. Acompanhe o artigo e saiba quais as consequências e a melhor maneira de limpar.

Veja também: Como acabar com formigas na ração do cachorro de uma vez por todas com 5 dicas!

Como a má limpeza interfere na saúde dos bichinhos?

Um estudo foi realizado pela nutricionista veterinária Emily Luisiana. Toda vez que as pessoas levavam os pets para o seu consultório, relatando algum problema de saúde, ela percebia que havia algo estranho. Até que ela começou a perguntar sobre o modo com era feita a limpeza do potinho de ração.

Poucos sabem sobre a existência da FDA (Food and Drug Administration), mas existe uma diretriz que diz respeito ao manuseio correto dos alimentos para animais e sobre a higienização das tigelas.

No estudo realizado pela nutricionista, 3% dos participantes armazenavam alimentos para cães a menos de 1,5 metro de distância dos alimentos para os humanos, 34% lavavam as mãos após alimentar os animais e 33% preparavam os alimentos para os cães em superfícies de preparação destinadas ao uso humano. Isso mostrou o quanto as pessoas não possuem consciência do acúmulo de bactérias que há na tigela dos bichinhos.

A melhor forma de limpar

Dentro do conjunto de objetos domésticos, o pote de ração do cachorro é o que mais acumula bactérias em toda a casa. O lugar também onde ela é armazenada também pode ser prejudicial tanto para o animal quanto para o ser humano.

Armazenar perto de banheiros, próximo aos alimentos ou próximo de produtos de limpeza pode ser ruim para o animal. Nesse sentido, o primeiro passo é saber onde guardar o potinho. Recomenda-se que seja em um local distante dos banheiros e dos alimentos. Na área coberta, no caso das varandas, podem ser uma opção.

Para a limpeza do potinho, é importante manter uma certa frequência, de preferência diariamente. Lavar com água e sabão todos os dias e colocar de molho em uma solução com água sanitária uma vez na semana por alguns minutos pode ser uma boa opção.

Outra ideia é olhar nos rótulos das rações, que podem conter as devidas regras de higienização e armazenamento para que os donos possam se conscientizar da importância de manter os potinhos limpos e bem organizados.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More