Furão: Confira 5 coisas que você deve saber antes de levar esse pet para casa

Antes de adquirir um furão, é importante saber mais sobre seus hábitos, necessidades e outros aspectos.

De tronco comprido e carinha de curioso, o furão doméstico é um pet bastante amável! O fato dele ser pequeno e viver em gaiolas tornaram esse animal muito popular nos lares dos brasileiros.

Todavia, antes de adquirir um furão e levá-lo para casa, é importante saber mais sobre seus costumes, necessidades e outras características. Assim, você pode tomar uma decisão consciente e garantir mais qualidade de vida para esse peludinho especial. Confira a seguir as coisas que você precisa saber antes de ter um furão.

Eles se parecem com gatos

Quando pensam em adotar um furão doméstico, muitos acreditam que esses pets são semelhantes aos roedores e, assim, os seus cuidados também devem ser os mesmos, mas não é bem assim. A comparação mais próxima desse animal seria com os gatos, uma vez que, assim como os felinos, os furões são carnívoros e caçadores experientes, e não presas, como a maioria dos roedores.

Alto custo de manutenção

Muitas pessoas não têm conhecimento, mas todo furão doméstico vem dos Estados Unidos. Explicando melhor, para que possam ser vendidos aqui no Brasil, cada um desses animais é enviado por um criador autorizado nos EUA. Isso pode justificar o preço elevado para adquirir esses bichinhos.

Ademais, os maiores gastos com esses pets estão focados em mantê-los saudáveis. Isto é, furões domésticos dependem de rações premium bem específicas, bem como de cuidados veterinários especiais e regulares.

Necessitam de vacinas

A necessidade de o furão precisar manter a caderneta de vacinação em dia é outra coisa que pode ser comparada com os gatos. As principais vacinas para esses animais são a antirrábica e a de cinomose. Da mesma forma como acontece com os felinos domésticos, as doses de reforço devem ser aplicadas anualmente para garantir a completa imunização do pet.

Eles gostam de passeios

O furão é um animal cheio de energia. Tanto que a falta de prática de exercícios físicos pode ter consequências graves para a saúde do pet. Para ajudar a gastar essa energia acumulada, e também para que eles não fiquem confinados o tempo todo na gaiola, é possível usar coleiras específicas e levá-lo para fazer passeios. Ele vai adorar!

Afetuosos com o tutor

Para aqueles que adoram pets carinhosos, os furões são uma ótima opção. Isso se dá porque, diferente do que muitos acham, eles são muito afetuosos e amam um carinho, bem como brincar com o tutor. Por isso, é recomendado retirá-los da gaiola, sempre com supervisão, e dedicar um tempo do seu dia para brincadeiras e carícias. Caso contrário, ele pode ficar triste e pouco sociável.

Observação

Vale ressaltar que os furões podem desenvolver diversas doenças graves por conta da genética cruzada. Por isso, é de suma importância levá-los a um veterinário especializado em animais silvestres a cada 6 meses, pois assim é mais fácil identificar qualquer problema logo no início.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More