Estes são os 4 principais sinais que indicam baixa autoestima

Sentimentos de rejeição e perfeccionismo podem ser sinais de que você possui pouco confiança em si.

Você já esteve numa situação em que sabia que estava qualificado para algo, mas um “medo” ou “sensação de insegurança” tomou conta? Se você respondeu sim, é possível que esteja lidando com problemas de baixa autoestima, visto que esse é um dos sintomas. É importante lembrar que a falta de autoestima está diretamente ligada à questões como falta de conhecimento pessoal, autoaceitação e até amor-próprio. Por isso, é importante conhecer alguns sinais que podem indicar esse problema e que você deve começar a lidar com eles agora mesmo.

Leia mais: Aumente a sua expectativa de vida com a alimentação correta

Veja sinais mais comuns que indicam falta de autoestima

É completamente normal que nem sempre estejamos satisfeitos conosco. Contudo, quando isso ocorre com frequência, deve ser motivo para ficar em alerta. Isso acontece porque a baixa autoestima afeta diversos aspectos de nossas vidas, incluindo oportunidades de crescimento pessoal e profissional. Ela também aumenta a dificuldade de se relacionar com os outros e também o estresse.

1. Sensação de rejeição

Um dos sinais mais comuns que podem indicar que você está com uma valorização baixa sobre si próprio é relacionado ao sentimento de rejeição. A sensação de que a qualquer momento você pode ser deixado de lado por não ser bom o suficiente para o outro é uma visão distorcida sobre suas próprias qualidades, o que pode indicar que você está com pouca autoconfiança.

2. Inferiorização constante

O sentimento de querer sempre melhorar é bom e importante até certo ponto. Porém, à medida em que você não consegue mais reconhecer as vitórias diárias e está sempre se colocando para baixo, isso pode começar a se tornar preocupante.

3. Falta de confiança

A falta de confiança está muito ligada com a baixa autoestima. Isso porque quando nós não nos valorizamos, fica mais difícil confiar nas nossas habilidades para exercer determinada tarefa ou papel.

4. Comparação frequente

Por fim, o último sinal mais comum que pode indicar baixa autoestima é a comparação frequente. Além de ficar sempre olhando para o próximo e se comparando, normalmente esse tipo de ação segue com sentimentos de inferiorização, desprezo e não aceitação daquilo que se é.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More