Saiba mais sobre o novo programa de pagamento entre Google e Spotify

Entenda como funciona o lançamento do programa piloto em relação ao pagamento do serviço.

Uma novidade tem animado os usuários do sistema Android. Isso porque, recentemente, foi anunciado pelo Google um programa piloto que permitirá aos desenvolvedores oferecer seus próprios sistemas de pagamento para compras feitas pela Play Store

Segundo a empresa, um dos grandes benefícios do lançamento é que os usuários poderão ter mais liberdade na hora de escolher o pagamento. Nesse sentido, o Spotify é o primeiro aplicativo a oferecer um sistema de pagamento separado.

Por isso, confira neste artigo mais detalhes sobre como vai funcionar o novo lançamento de pagamento entre Google e Spotify.

Leia mais: Twitter deve aceitar oferta de US$ 43 bilhões de Musk

Saiba como vai funcionar o lançamento do Google e Spotify

De acordo com informações, os testes para o lançamento incluíram um “pequeno número de desenvolvedores”. Por isso, até o momento, uma das plataformas de músicas mais ouvidas do mundo, o Spotify, estará dentro desse projeto. Segundo o Google, este grupo funcionará e ampliará o entendimento do funcionamento sobre como ocorre a escolha dos usuários em relação à forma de pagamento em diferentes países, bem como para desenvolvedores com tamanhos e categorias diversas.

Com a atualização, os usuários terão mais opções de pagamento disponíveis, como compra de itens de jogos ou de assinaturas de serviços de streaming. O teste segue a mesma flexibilidade de pagamento implementada na Play Store da Coreia do Sul no final de 2021, com base na legislação local.

Como vai funcionar o novo recurso de pagamento?

O aplicativo de música Spotify, que foi escolhido para iniciar o teste com sistemas de pagamento de terceiros na Play Store, ressaltou que a mudança pretende ajudar os usuários a terem mais liberdade para se inscreverem e fazerem compras usando a opção de pagamento de sua escolha diretamente no app.

No entanto, o piloto deve começar com alguns mercados cuidadosamente selecionados, com possibilidade de expansão com base no feedback dos usuários. As empresas não informaram quais serão os primeiros países a receber os recursos, nem forneceram uma data exata para o início dos testes. Outra coisa que não está clara é o número de desenvolvedores que poderão usar seus próprios sistemas de pagamento em aplicativos Android durante a primeira fase do projeto.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More