Do topo ao nada: empreendedores brasileiros que encararam a falência

Nem sempre estar no auge da carreira significa constância. Veja alguns empresários brasileiros que faliram devido a decisões ruins.

Você certamente conhece alguma história de alguém que tinha tudo e terminou falido. Infelizmente isso acontece quando não se sabe administrar o que se tem. Nesse artigo nós vamos apresentar alguns empresários brasileiros que faliram tudo após tomarem decisões ruins.

Antes de tudo é importante destacar que essas histórias de administrações mal organizadas acontecem no mundo inteiro e grandes milionários já chegaram ao fundo do poço rapidamente.

Aqui no Brasil não é muito diferente. O Brasil já conheceu muitos empreendedores promissores e de sucesso que não souberam lidar com a própria fortuna.

Entre investimentos errados, má gestão, gastos excessivos em ostentação, bem como outras coisas do tipo são algumas das razões que levam esses empreendedores à falência.

Conheça algumas dessas histórias:

  • Eike Fuhrken Batista da Silva I

Em primeiro lugar temos um nome muito conhecido pelos brasileiros. Eike Batista foi considerado por certo tempo o homem mais rico do Brasil.
A sua fortuna estava avaliada em 10,1 bilhões de dólares em 2012. Grande parte dela por conta de seu conglomerado de companhias.

Eike, que conseguiu fortuna com uma cláusula de venda de parte da EBX para o fundo Mubadala Development, de Abu Dhabi, perdeu quase tudo.

Em 2013, perdeu cerca de 200 milhões de dólares, o que representou 99% de seus ativos em um ano. Em 2014, perdeu US$ 1 bilhão.

  • Emerson Fittipaldi

Para quem é fã de Fórmula 1, esse nome realmente é conhecido. Emerson foi piloto campeão da Fórmula 1 e também da Fórmula Indy.

Dá para imaginar que ele conseguiu uma boa bolada daí, certo? Sim, mas no entanto, por conta de investimentos ruins em fazendas e empresas de comunicação, perdeu muito dinheiro.

Em 2016 foi divulgado que Emerson estava devendo R$ 27 milhões, e, em 2014, a justiça decretou o bloqueio de suas contas bancárias.

  • Roberto Simonsen

Um homem cuja fortuna bancou grandes festas e construções monumentais no estado de São Paulo. Robert teve uma vida de luxo.

Seu dinheiro, no entanto, foi-se junto com ele. Com a morte de Robert, subitamente aos 59 anos, sua empresa passou a ser administrada pelos seus filhos.

Os herdeiros, no entanto, não souberam aproveitar muito bem o que tinham. Sendo assim, em alguns anos a empresa, que já tinha sido muita coisa, reduziu seu valor bruscamente.

  • Eduardo Varela I

Por fim, temos Eduardo Varela I, empreendedor carioca, conhecido como Dudu da Loteca, tornou-se milionário numa aposta de um jogo de futebol.

Eduardo ganhou 11,6 milhões de cruzeiros, algo que seria cerca de R$ 18,2 milhões de reais. Virou uma celebridade automaticamente.

O sortudo, no entanto, não foi tão sortudo em seus investimentos. Eduardo investiu em imóveis, mas não deu nada certo. A falência de alguns de seus investimentos se intensificou com o divórcio.

Sabia que todos esses empresários brasileiros que faliram? Acessando o Escola Educação você conhecerá muitas outras curiosidades. Acesse aqui!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More