Doença mão-pé-boca: Conheça os sintomas e tratamentos da doença frequente em crianças

Doença mão-pé-boca é altamente contagiosa tem como público alvo crianças com menos de 5 anos, mas vítimas também podem ser adultos.

A pouco conhecida doença mão-pé-boca, vírus do grupo Coxsackie, que se transmite através de alimentos, contato pessoal ou objetos contaminados.

Primeiramente, ao entrar em contato com o vírus, a vítima começa a sentir os sintomas a partir de 3 a 7 dias após o contágio, e os sintomas podem ser intensos.

Febres que podem ultrapassar a 38°C, dores de garganta intensa, manchas e bolhas estão na lista de sintomas.

Ao menor sinal de infecção, a pessoa deve se dirigir ao médico, principalmente em caso de crianças, cujo tratamento será a orientação do pediatra.

O diagnóstico só pode ser feito através de um profissional. Ele, o médico clínico geral ou pediatra, irá avaliar os sintomas e as manchas.

Como os sintomas são comuns a algumas doenças, é comum que o portador se confunda e não dê a devida atenção, mas não caia nesse erro.

Vá ao médico e faça a solicitação dos exames laboratoriais necessários para não correr riscos.

Conheça os sintomas

Um dos principais sintomas é o aparecimento de manchas ou bolhas vermelhas nas mãos, pés, bem como aftas na boca.

Os sintomas citados costumam aparecer após três dias de contágio, mas não são os únicos. Veja mais:

  • Febre acima dos 38°C;
  • Vômito;
  • Mal-Estar;
  • Diarreia;
  • Salivação em Excesso;
  • Dores de garganta;
  • Falta de apetite.

Fique atento aos sintomas e vá ao médico quando necessário.

Infecção e tratamento

Portanto, a doença mão-pé-boca, já era de se esperar que essa síndrome pudesse ser transmitida através do contato humano.

Tosse, espirros, saliva e contato direto com as bolhas podem transmitir a doença, principalmente durante os 7 primeiros dias da doença.

No entanto, atente-se, pois mesmo após a recuperação, o vírus ainda pode ser transmitido através das fezes por cerca de 4 semanas.

O essencial é ficar afastado de pessoas contagiadas, não partilhar objetos de uso pessoal e intransferível, e lavar as mãos após tossir, espirrar e etc.

O vírus também pode vir através dos alimentos, logo, lave bem os alimentos antes do consumo.

Portanto, quanto ao tratamento, será o uso de medicamentos contra a febre, dor, anti-inflamatórios, remédios e pomadas para coceiras e aftas.

Por fim, lembrando que o tratamento deve ser sempre com a orientação pelo médico.

Então, ficou atento à informação? Acessando o site Escola Educação, você terá acesso a um conteúdo exclusivo e dicas de saúde, finanças e que te ajudarão em seu cotidiano. Acesse aqui!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More