Empréstimo para quem recebe auxílio do governo; Veja como vai funcionar

Beneficiários do BPC/LOAS poderão solicitar empréstimo consignado. Veja como!

Recentemente, o Governo Federal anunciou o lançamento do Programa Renda e Oportunidade que trata-se de um pacote de ações com a finalidade de movimentar a economia brasileira e criar oportunidades, principalmente para aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Dentre as medidas reveladas, está a autorização do empréstimo consignado para quem tem direito ao BPC/LOAS.

Portanto, acompanhe a leitura e conheça as normas de liberação do empréstimo para estes beneficiários e saiba como solicitar o consignado.

Leia mais: Aposentados recebem isenção de uma parcela do Imposto de Renda?

Veja como realizar a solicitação de empréstimo consignado sendo beneficiário do BPC

Com a implementação do pacote de ações Programa Renda e Oportunidade, os beneficiários do BPC/LOAS poderão fazer a solicitação de empréstimos consignados.

A possibilidade já foi oficialmente publicada no Diário Oficial da União (DOU) e, conforme informações disponibilizadas pelo Ministério da Cidadania, até 40% do valor recebido poderá ser comprometido com o crédito da modalidade. Dessa porcentagem, 35% possui o empréstimo consignado como destino e os outros 5% o cartão de crédito consignado.

No entanto, aquele que deseja realizar o feito, primeiramente deverá desbloquear o abono para esta modalidade financeira. O acionamento pode ser feito via internet, através do site ou aplicativo Meu INSS, com login e senha cadastrados.

Além disso, é válido ressaltar que os novos beneficiários já poderão solicitar o empréstimo consignado 30 dias após a concessão do BPC. Esta decisão vigorará até dezembro de 2022.

Mas, afinal, quem tem direito ao recebimento do BPC/LOAS?

Os beneficiários do BPC/LOAS são idosos que possuem 65 anos ou mais e pessoas com deficiência comprovada pela perícia médica do INSS, de qualquer idade.

O benefício disponibilizado tem o valor de um salário mínimo, atualmente em R$ 1.212, sendo destinado para aqueles que têm uma renda familiar per capita igual ou menor a 1/4 do salário mínimo. O recebimento do BPC, vale lembrar, não pode ser acumulado com outro benefício pago pelo INSS. Além disso, ele não é aposentadoria.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More