Enfim ou em fim?

Ambas as expressões existem na Língua Portuguesa. Apesar disso, cada uma possui um significado diferente. Entenda agora!

0

A Língua Portuguesa conta com diversas regras. Por este motivo, muitas pessoas têm dúvidas sobre qual a forma correta de escrever determinadas palavras. Afinal, no meio de tantas especificidades, até mesmo os mais estudiosos podem se confundir.

Dentre essas dúvidas, pode-se citar: enfim ou em fim. Qual a forma correta? A resposta para a pergunta é que ambas existem. Apesar disso, cada uma possui um significado diferente.

Enquanto uma é referente a um advérbio de tempo, outra assume o valor de locução adverbial de tempo. Nesse caso, assume-se a noção de que algo está no fim.

Enfim – Advérbio de tempo

O advérbio de tempo enfim pode se referir à conclusão de um pensamento, finalmente e por fim. Além disso, é sinônima de: em conclusão, por último, em síntese e em suma.

Confira abaixo alguns exemplos com o advérbio de tempo enfim:

  • Enfim, sós!
  • Podemos, enfim, descansar.
  • Enfim, já disse tudo.
  • Enfim chegamos em casa.

Em fim – Locução adverbial de tempo

A locução adverbial em fim é formada pela preposição em e pelo substantivo fim. A expressão demonstra que algo está chegando ao fim. É sinônima de: no termo, no término e no final.

Confira abaixo exemplos com em fim:

  • A professora já está em fim de carreira.
  • Em fim de jogo, todos vibram de tanto torcer.
  • Já estão em fim de relacionamento.
  • O paciente já se encontra em fim de vida.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.