Erros de português são o principal motivo para eliminação de candidatos

Pesquisa indica que, ao contrário do que se imagina, a falta de experiência é apenas o segundo fator para dispensar os candidatos a uma vaga de emprego.

0

Um levantamento realizado pela empresa de recrutamento Catho indica que os erros de português são a principal razão pela qual os contratantes eliminam candidatos a uma vaga de emprego, superando inclusive a falta de experiência.

De acordo com 34% dos recrutadores que participaram da pesquisa, estas falhas no currículo apontam falta de atenção e de domínio do idioma e desinteresse. Como se trata do primeiro e principal documento entre o candidato e o entrevistador, esta primeira impressão acaba arruinando as chances de obter o cargo.

A pesquisa constatou que os fatores que levam um recrutador a excluir um currículo imediatamente são:

  • Erros de português (34%)
  • Falta de experiência (25%)
  • Ausência de objetivos profissionais (10%)
  • O candidato mora longe da empresa (9%)
  • Falta de apresentação visual (9%)
  • Outros motivos (9%)
  • O candidato não possui formação superior ou cursos complementares (3%)
  • Currículo com mais de uma página (1%)

O levantamento também indica que para cada vaga, um recrutador recebe entre 30 e 50 currículos, sendo que deste total, apenas de 5 a 10 candidatos são convidados a participar de uma entrevista. É por esse motivo que, de acordo com a gerente da Catho, Bianca Machado, é necessário dar uma atenção maior ao currículo antes de enviá-lo, para não ser eliminado logo na primeira etapa.

“Em um cenário de grande concorrência, o número de candidaturas para vagas está cada vez maior. É função do recrutador filtrar os candidatos e escolher aquele que se encaixa melhor ao perfil do cargo. Se queimar no primeiro contato por conta de erros de gramática não é perder uma oportunidade de entrevista, e sim várias. O currículo deve receber muita atenção antes de ser enviado ao mercado”, reforça.

Ainda de acordo com a pesquisa, o currículo é essencial durante um processo seletivo, por isso a importância de mantê-lo sempre atualizado, com uma boa redação e atrativo para o empregador. 75% dos recrutadores responderam que essa ferramenta é “muito importante”, e 25% selecionaram a opção “importante”. As alternativas “neutro”, “pouco importante” e “não é importante” não foram marcadas.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.