Estudante cria aplicativo que detecta anemia tirando fotos das unhas

Um aplicativo de smartphone recém-desenvolvido pode diagnosticar anemia sem precisar de uma amostra de sangue.

0

A anemia é uma condição que se desenvolve quando o sangue de uma pessoa não tem glóbulos vermelhos suficientes ou hemoglobina. Ela afeta dois bilhões de pessoas em todo o mundo e, se não for tratada, pode levar à fadiga, palidez e problemas cardíacos.

Mas agora, em vez de um exame de sangue, engenheiros biomédicos criaram um aplicativo que pode usar fotos das unhas de uma pessoa para medir com precisão a quantidade de hemoglobina no sangue.

“Este é um aplicativo autônomo, cuja precisão está no mesmo nível dos testes disponíveis no momento, sem a necessidade de retirar sangue”, disse o Dr. Wilbur Lam, professor de pediatria na Emory University School of Medicine.

O aplicativo faz parte do trabalho de doutorado do ex-aluno de pós-graduação Rob Mannino. Ele foi motivado a conduzir a pesquisa com base em sua própria experiência de viver com beta-talassemia, uma doença hereditária do sangue causada por uma mutação no gene da beta-globina.

“Todo este projeto não poderia ter sido feito por ninguém, exceto Rob”, disse Lam. “Ele tirava fotos de si mesmo antes e depois das transfusões, já que seus níveis de hemoglobina estavam mudando, o que lhe permitia constantemente refinar e ajustar sua tecnologia em si mesmo de uma maneira muito eficiente.

Os pesquisadores dizem que seu aplicativo pode facilitar o autogerenciamento de pacientes com anemia crônica, permitindo que eles monitorem sua doença e identifiquem os momentos em que precisam ajustar suas terapias ou receber transfusões.

Eles acreditam que o aplicativo deve ser usado para triagem, não para diagnóstico clínico.

Os pesquisadores acrescentam que a tecnologia pode ser usada por qualquer pessoa a qualquer momento e pode ser especialmente apropriada para mulheres grávidas, mulheres com sangramento menstrual anormal ou atletas.

As ferramentas de diagnóstico clínico têm rigorosos requisitos de precisão, mas a equipe por trás do aplicativo acredita que, com pesquisas adicionais, eles podem eventualmente alcançar a precisão necessária para substituir o teste de anemia com base no sangue para o diagnóstico clínico.

O padrão ouro atual para o diagnóstico de anemia é conhecido como hemograma completo. Os pesquisadores estudaram fotos de unhas e correlacionaram a cor das unhas com os níveis de hemoglobina medidos no hemograma completo de 337 pessoas: algumas saudáveis ​​e outras com uma variedade de diagnósticos de anemia. O algoritmo para converter a cor da unha para o nível de hemoglobina no sangue foi desenvolvido com 237 dos indivíduos e depois testado em 100.

O aplicativo para smartphones está previsto para ser disponibilizado comercialmente na próxima primavera americana. Nesse meio tempo, o pedido de patente foi solicitado e os resultados foram publicados na revista Nature Communications.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.