Exército de Terracota

O Exército de Terracota faz parte do maior túmulo que um líder global poderia ter no mundo antigo.

0

O Exército de Terracota é uma parte da grande sepultura funerária construída pelo imperador Qin Shi Huang, o primeiro imperador da China. Há mais de 8.000 estátuas em tamanho real de soldados enterrados junto com o imperador.

Os Guerreiros de Xian

O imperador Qin queria viver para sempre. Ele passou grande parte de sua vida e recursos buscando a imortalidade e o “elixir da vida“. Ele também gastou uma enorme quantidade de recursos construindo para si o maior túmulo que um líder global poderia ter. Ele sentiu que este enorme exército iria protegê-lo e ajudá-lo a manter seu poder na vida após a morte. Ele morreu e foi enterrado em 210 a.C, há mais de 2000 anos.

Os soldados

Os soldados do Exército de Terracota são estátuas em tamanho natural. Eles medem cerca de 1,7 metros de altura, sendo que alguns dos soldados de guera ultrapassam os 2 metros de altura. Mesmo com 8.000 estátuas, nenhum é igual ao outro.

Detalhes de um dos Guerreiros de Terracota
Detalhes de um dos Guerreiros de Terracota

Há soldados de todas as idades, com tamanhos, características faciais e estilos de cabelo completamente diferentes. Alguns dos soldados parecem calmos, enquanto outros parecem zangados e prontos para lutar.

Os soldados foram até projetados com diferentes roupas e armaduras. Os homens da cavalaria estão vestidos de maneira diferente dos soldados de infantaria. Alguns soldados não têm armadura. Talvez eles devessem ser batedores ou espiões.

Tão impressionante quanto os soldados são hoje, eles provavelmente foram muito mais impressionantes 2.000 anos atrás. Os soldados foram pintados para parecer ainda mais realistas e depois cobertos com um acabamento de laca. Eles também possuíam armas reais, como bestas, adagas, lanças e espadas.

Construção

Para construir 8.000 estátuas em tamanho real houve o serviço de um grande exército de trabalhadores. Arqueólogos estimam que mais de 700.000 artesãos trabalharam no projeto por vários anos.

Os corpos dos soldados eram feitos em uma linha de montagem. Havia moldes para as pernas, braços, torsos e cabeças. Essas peças foram então reunidas e personalizadas. Orelhas, bigodes, cabelos e armas foram adicionados posteriormente.

Existem entre 8 e 10 formas de cabeças diferentes para os soldados. As diferentes formas da cabeça representam pessoas de diferentes áreas da China, bem como diferentes personalidades dos soldados. As cabeças eram feitas de moldes e depois customizadas e presas aos corpos.

Outras estátuas

A tumba é mais famosa por suas grandes fileiras de soldados, mas havia muitas outras estátuas para acompanhar o imperador Qin na vida após a morte. Havia 150 cavalos em tamanho natural e 130 carruagens com 520 cavalos enterrados com o exército. Em outras áreas da tumba, figuras de funcionários do governo e artistas foram encontrados.

Descoberta

O Exército de Terracota foi descoberto por fazendeiros que estavam cavando um poço em 1974, mais de 2.000 anos depois de ter sido coberto durante o enterro do imperador Qin. O exército estava localizado a cerca de um quilômetro da tumba do imperador.

Curiosidades

  • Os cavalos do exército estão selados. Isso mostra que a sela foi inventada na época da dinastia Qin.
  • Existem quatro poços principais que abrigam o exército. Eles medem cerca de 21 metros de profundidade.
  • As armas de bronze dos soldados foram encontradas em excelentes condições porque foram revestidas com uma fina camada de cromo, que as protegeu por milhares de anos.
  • A maioria das estátuas foram encontradas quebradas e os arqueólogos foram cuidadosamente reunindo suas partes por muitos anos.
  • Terracota é um tipo comum de barro cozido. Uma vez que os soldados foram moldados com barro molhado, eles teriam sido autorizados a secar e depois cozir as estátuas em um forno muito quente para que o material endurecesse.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.