INSS vai depositar 14° salário até o fim do ano?

Abono natalino extra para aposentados, pensionistas e outros beneficiários do INSS está em discussão no Congresso Nacional.

Aposentados, pensionistas e outros segurados do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) continuam incertos sobre a liberação do 14º salário. A proposta cria um abono natalino extra para o grupo, já que o pagamento do seu 13º foi antecipado em 2020 e 2021.

O Projeto de Lei 4.367 foi aprovado recentemente pela Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados, aumentando as esperanças de milhões de famílias. Agora, o texto segue para análise na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

A antecipação do 13º salário do INSS foi uma medida adotada para minimizar os efeitos da pandemia de Covid-19 do grupo. Contudo, ela deixou os segurados sem o valor que precisam para terminar o ano com mais tranquilidade.

14° salário do INSS sai em 2021?

Para que seja liberado, o projeto ainda precisa da aprovação da CCJ e do Senado Federal. Se não houver nenhuma mudança no texto, ele passa a depender apenas da sanção do presidente Jair Bolsonaro.

No entanto, considerando a proximidade do fim do ano e que o foco do governo federal voltado para o programa Auxílio Brasil, é pouco provável que a medida saia ainda em 2021. A previsão no momento é que o dinheiro será liberado em março dos anos de 2022 e 2033.

Sobre o 14º salário

A proposta prevê o pagamento do abono extra para aposentados, pensionistas e beneficiários do auxílio-doença, auxílio-acidente e auxílio-reclusão. Quem recebe BPC (Benefício de Prestação Continuada) e outros benefícios que não geram 13º salário ficariam de fora do programa.

O valor do pagamento será equivalente a até dois salários mínimos, independente da remuneração mensal do segurado. Com o reajuste previsto para 2022, o piso nacional pode chegar a R$ 1.210,44, seu maior aumento dos últimos seis anos.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More