Novo vírus pode atacar seu dispositivo android: saiba como identificar

foi detectado um novo “vírus” capaz de roubar os dados bancários do aparelho smartphone que possui o sistema operacional Android.

É evidente que de acordo com a evolução tecnológica, muitos benefícios vêm à tona, no entanto, malefícios também.
foi detectado um novo “vírus” capaz de roubar os dados bancários do aparelho smartphone que possui o sistema operacional Android.

Nomeado como Octo, ao infectar o aparelho, ele reduz o brilho da tela e aciona o modo “não perturbe”, dificultando assim a identificação.

De acordo com Thiago Cabral, especialista em segurança digital e também fundador da Athena Security, esta nova ameaça é apenas uma versão mais desenvolvida de um antigo malware chamado ExoCompact. Sua função é conceder acesso aos hackers para que efetuem fraudes a distância por meio do sistema Android. A ação foi nomeada como ODF: on-device fraud.

Este software maligno pode afetar muitos comandos do smartphone. Dentre os focos principais estão: bloqueio, notificações, push de apps, interceptação de SMS, desativação do som, bloqueio temporário da tela, envio de SMS, dentre muitos outros. “Os criminosos assistem à sua tela enquanto utilizam o aparelho, portanto, é possível que veja senhas utilizadas e veja sua utilização de aplicativos bancários”, explica.

Como identificar

Contudo, como posso saber se meu aparelho android não está infectado?

Mesmo que este recurso se camufle no celular dificultando a identificação pelo usuário, os hackers utilizam um tipo de sobreposição de tela preta, o que possibilita diminuir o brilho da tela e desativar todas as notificações, fazendo o indivíduo achar que seu aparelho possui defeito.

O que eu faço?

Se por acaso houver a suspeita de estar sendo hackeado, Thiago Cabral aconselha ao público que o aparelho seja desligado imediatamente, se possível permaneça assim durante algumas horas e ao liga-lo novamente é preciso realizar uma formatação de fábrica.

Como posso me prevenir?

“A dica principal é, primeiramente, manter os dados pessoais seguros na nuvem. Jamais deixe informações importantes armazenadas no dispositivo”, instrui. Pois, ao realizar este procedimento, o hacker nunca terá acesso aos dados cadastrados, como, por exemplo, senhas e informações bancárias.

“Em segundo lugar, nunca faça download de aplicativos sem antes verificar suas avaliações e o tempo que o aplicativo está no ar. Por último, observe o comportamento do seu aparelho no dia a dia. Notando algo de estranho, formate o celular imediatamente.”

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More