Algoritmo – O que é? O que tem a ver com a informática?

O algoritmo pode ser usado tanto na matemática, quanto na informática. Se você tem alguma dúvida sobre a definição do algoritmo em alguma das áreas, esse artigo é para você.

0

Provavelmente você já ouviu falar sobre algoritmo nas aulas de matemática da escola. No entanto você pode ter esquecido o que é, ou ainda ter dúvidas sobre o assunto.

Além de ser relacionado com a matemática, os algoritmos podem ser fundamentais para a informática, e a programação de redes sociais.

Se você nunca ouviu falar sobre isso, ou ouviu e ainda não sabe o que significa o algoritmo da informática, esse artigo foi escrito pensando em sanar suas dúvidas. Continue lendo para entender.

Algoritmo na matemática

O que é algoritmo? Algoritmo é uma sequência finita e ordenada de regras, com um esquema de processamento que permite a realização de uma tarefa, ou seja, a resolução de um problema, de cálculos, entre outros.

Algoritmo é uma palavra latinizada, derivada do nome de um matemático árabe do Século IX, Al Khowarizmi. Os algoritmos surgiram da necessidade de fazer cálculos sem o auxílio de ábacos, dedos e outros recursos.

Até essa época, a estrutura dos cálculos estava associada às ferramentas que havia à mão: pedras sobre o chão, varetas de bambu, a calculadora a manivela, régua de cálculo e, por fim, a calculadora.

Dessa forma, os algoritmos são resultados de técnicas de cálculo que levaram séculos para se desenvolver. Além disso é usado na computação.

Algorítimo na informática

O que é algoritmo na informática? Na informática, algoritmo nada mais é que uma receita que mostra passo a passo os procedimentos necessários para a resolução de uma tarefa.

Como surgiu através da matemática, o algoritmo possui tem a mesma definição que vimos anteriormente, é uma sequência lógica, finita e definida de instruções que devem ser seguidas para resolver um problema ou executar uma tarefa.

Um algoritmo é um procedimento computacional definido que recebe um ou mais valores (entrada) e produz um ou mais valores (saída). Dessa forma, o algoritmo é aquela fórmula matemática, um pedaço de código, que fica ali no meio da entrada e da saída para transformar o primeiro no segundo.

Apesar de não percebermos, tudo que fazemos é algoritmo, ou seja, um procedimento que recebe uma entrada e envia uma saída. Por exemplo, acordar é um algoritmo. Entenda por quê:

  1. Entrada: meu cérebro disse que estou acordado.
  2. Percebi que acordei, mas estou com sono. Espero um pouco.
  3. Saída: abrir os olhos.
  4. Saída: se espreguiçar.
  5. Saída: tirar a coberta.
  6. Saída: sentar na cama.
  7. Saída: sair da cama.

Podem existir vários algoritmos diferentes para resolver o mesmo problema, isto é, no caso de acordar, cada um acorda de forma diferente.

No caso acima, outro algoritmo poderia dar outra saída, como por exemplo, simplesmente abrir os olhos e levantar da cama. Ou então, poderíamos ter um algoritmo que faz a mesma coisa, no entanto, de maneira diferente.

O algoritmo que usamos depende principalmente do tempo que ele demora pra ser executado e a memória que ele gasta no computador. O nome dado a isso é custo.

Dessa forma, quando começamos a ver os algoritmos de ordenação de vetores (arrays), veremos que cada algoritmo faz uma coisa diferente, mas todos servem para o mesmo propósito: ordenar o vetor.

Sendo assim, para uma entrada pequena, um pode ser mais rápido, enquanto para um maior, outro. Dessa forma, o algoritmo que queremos usar, o tempo que ele vai demorar para ser executado, e a memória que ele vai gastar no computador, depende principalmente do tamanho da entrada.

Na maioria dos casos, a entrada será o teclado, por exemplo, o usuário digita X para a função, e a saída será a tela, com o programa imprimindo o resultado da função, o Y, para a tela. Em resumo, um algoritmo é a lógica de um programa computacional.

Confira também: O Que Significa Upload em Informática?

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.