O que é o acento diferencial? Confira as regras e exemplos

0

O que é o acento diferencial? O acento diferencial é grafado diante de palavras homógrafas, ou seja, casos em que se torna necessário distinguir palavras que possuem a mesma grafia, mas têm significados diferentes para que não resultem na mesma pronúncia, como é o caso dos termos explicitados a seguir:

a) pode / pôde
Nesse caso, ambos os termos são verbos, mas se diferenciam quanto ao tempo verbal a que se referem, observe a diferença nos exemplos abaixo:
‘Pode’ (sem acento) está conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo do verbo poder.
Você pode estar enganado.
Ele pode ir até o seu escritório.

Ao passo que ‘pôde’ (com acento) está conjugado na 3ª pessoa do singular do pretérito perfeito do verbo poder.
Ele pôde passar ontem na feira.
Porque você não pôde ir ao banco?

b) por / pôr
Nesse caso, os termos pertencem a classes gramaticais diferentes, veja os exemplos:
‘Por’ (sem acento) é uma preposição:
Por onde você tem andado?
Tome o seu remédio duas vezes por dia.

Ao passo que ‘pôr’ com acento é um verbo em sua forma infinitiva, assumindo o sentido de colocar ou incluir alguma coisa:
Peça para ele pôr a jaqueta.
Você tem que pôr meu nome na lista.

Lembre-se dessas regrinhas básicas para não errar mais.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.