O que é o particionamento de recursos? Definição e Exemplos

O particionamento de recursos é a divisão de recursos limitados por espécies. Tem como objetivo ajudar a evitar a competição em um nicho ecológico.

0

O particionamento de recursos é a divisão de recursos limitados por espécies. Tem como objetivo ajudar a evitar a competição em um nicho ecológico. Em qualquer ambiente, os organismos competem por recursos limitados. Os organismos e as diferentes espécies precisam encontrar maneiras de coexistir uns com os outros.

Examinando como e por que os recursos são alocados em um determinado nicho, os cientistas podem entender melhor as interações ecológicas complexas entre e nas espécies. Exemplos comuns de particionamento de recursos incluem os lagartos anolis e várias espécies de aves.

Definição

O conceito original de particionamento de recursos refere-se às adaptações evolutivas nas espécies como resposta à pressão evolutiva da competição interespecífica. O uso biológico básico mais comum é baseado nos diferentes usos de recursos por espécie em um determinado nicho e não na origem evolutiva específica de tais diferenças.

Quando os organismos competem por recursos limitados, existem dois tipos principais de competição: intraespecífica e interespecífica. Como os prefixos denotam, a competição intraespecífica refere-se à competição por recursos limitados por organismos individuais da mesma espécie. Já a competição interespecífica refere-se à competição por recursos limitados por indivíduos de diferentes espécies.

Quando as espécies competem pelos mesmos recursos, uma espécie geralmente tem vantagem sobre outra, mesmo que apenas ligeiramente. As espécies com vantagem persistirão em longo prazo. As espécies mais fracas serão extintas ou passarão a ocupar um nicho ecológico diferente.

Efeitos

Ao dividir os recursos, as espécies podem ter uma coexistência de longo prazo umas com as outras no mesmo habitat. Isso permite que ambas as espécies sobrevivam e prosperem. Isso evita que uma espécie seja extinta, como no caso da competição completa.

A combinação de competição intraespecífica e interespecífica é importante em relação às espécies. Quando diferentes espécies ocupam nichos ligeiramente diferentes em relação aos recursos, o fator limitante para o tamanho da população torna-se mais sobre a competição intraespecífica do que a competição interespecífica.

Da mesma forma, os seres humanos podem ter efeitos profundos nos ecossistemas, particularmente em causar a extinção das espécies. O estudo da divisão de recursos pelos cientistas pode nos ajudar a entender como a remoção de uma espécie pode afetar a alocação e o uso geral dos recursos, tanto em um nicho específico quanto no ambiente mais amplo.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.