Organização oferece 70 vagas gratuitas em cursinho preparatório para o ITA

No primeiro processo incluindo vagas para para cotistas, Itafro será ministrado em São Paulo e recebe inscrições de candidatos negros de baixa renda até este sábado (11).

0

O Itafro, curso preparatório para jovens negros e negras que desejam ingressar no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), abre 70 vagas gratuitas em sua primeira edição de cursinho pré-vestibular para a instituição. O curso será ministrado em São Paulo e recebe inscrições até este sábado (11) e atende à população negra de baixa renda.

O curso é idealizado pela Educafro, organização não governamental (ONG) que reúne voluntários que lutam pela inclusão de negros, especialmente, pobres que desejam ingressar no ensino superior. A finalidade da ONG é possibilitar empoderamento e mobilidade social para população pobre e afro-brasileira.

Do total de oportunidades, 35 são destinadas às mulheres. Além do preparo, o curso ofertará bonificação para aqueles que se destacarem com melhores notas. Isso será feito por meio de provas aplicadas diariamente e, caso consiga média semanal superior a 5, o aluno ou aluna pode receber de R$ 100,00 a R$ 200,00 de incentivo.

Para efetivar a inscrição, o candidato interessado deve acessar o site do Itafro e preencher um questionário. A seleção será rápida e a lista com os candidatos aprovados será divulgada no domingo (12), a partir das 09h, em reunião marcada na sede da ONG na capital paulista. As aulas do Itafro têm início previsto para a próxima segunda-feira (13).

Aqueles que não forem selecionados, também, terão direito a cursos oferecidos pela ONG. Segundo o diretor executivo da Educafro, Frei David Santos, o objetivo é atender à integralidade daqueles que procuram a organização, estimulando-os a perseguir seu sonho de estudar.

Inclusão das cotas no vestibular do ITA

Pela primeira vez na história, o ITA aderiu ao sistemas de cotas em seu vestibular para ingresso em 2019. Das 110 vagas disponibilizadas, 22 serão reservadas para candidatos e candidatas negras. A adesão segue decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de instituir as cotas em concursos das Forças Armadas.

Ainda não foi informado se a inscrição dos cotistas será por autodeclaração ou se será instituída alguma comissão verificadora. Mais detalhes poderão ser verificados perante a publicação do edital prevista para os próximos dias. Além desta, a instituição deve trazedr outras mudanças, também, anunciadas em breve.

Ligada à Força Aérea Brasileira (FAB), a instituição tem uma das seleções mais concorridas do país. As inscrições tiveram início no dia 01º de agosto. No ano passado, 11,3 mil candidatos se inscreveram às vagas disponibilizadas nos seis cursos de engenharia oferecidos pelo Instituto. Mais informações pelo site do ITA.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.