Pontuação da redação do Enem 2021 já está disponível para consulta

Hoje o Enem é a principal porta de entrada para instituições de ensino superior no país, sejam elas públicas ou particulares.

Quem fez o Enem 2021 já pode consultar a correção da redação na ‘Página do Participante’. As vistas pedagógicas foram divulgadas pelo Inep neste último domingo (10) junto ao espelho da redação.

Consultando a vista pedagógica o participante pode conferir sua pontuação em cada um dos critérios avaliados pelos corretores, sendo:

  • Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa;
  • Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, nos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;
  • Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  • Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  • Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

A redação pode ser corrigida por até 4 profissionais chegando a uma nota final, sendo estes profissionais formados em letras e linguística. Para ser supervisores e subcoordenadores eles precisam de no mínimo mestrado. A correção segue os padrões do Inep, e é sempre acompanhada por um profissional deste tipo.

Em 2021 apenas 22 participantes tiraram a nota máxima na redação, que tem peso 1000. O tema deste ano foi “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”. Já na reaplicação do exame, para que pessoas que se inscreveram na nova oportunidade, dada a quem faltou as provas de 2020 e estava isento da taxa de inscrição, e ainda a Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade, o tema da redação foi sobre “Reconhecimento da contribuição das mulheres nas ciências da saúde no Brasil”.

Há casos onde o participante pode zerar a prova, que são:

  • Fuga ao tema;
    Extensão total de até sete linhas;
  • Trecho deliberadamente desconectado do tema proposto;
  • Não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa;
  • Desrespeito à seriedade do exame.

Há também quem participe do Enem apenas para treinar seus conhecimentos, estes se chamam Treineiros. O resultado deste grupo também foi divulgado pelo Inep neste domingo, mas eles não podem utilizar esta nota para adentrar em alguma instituição de ensino superior ou participar de programas governamentais de financiamento para o mesmo fim.

Hoje o Enem é a principal porta de entrada para instituições de ensino superior no país, sejam elas públicas ou particulares. Além do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a nota do exame também pode ser utilizada para auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e Programa Universidade para Todos (ProUni).

Veja também: De olho no Enem: saiba como estudar atualidades para as provas

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More