Quais são os países que têm mais de uma capital?

Nem sempre, a capital abriga toda a sede do governo. Confira a lista com países que têm mais de uma e entenda o porquê disso

0

A capital é sempre uma das cidades mais importantes de um país. De origem da palavra latina capitalis, que significa “relativo à cabeça”, a capital é a “cabeça de um território”. É nela que se tomam as decisões mais importantes de um país e que irão afetar diretamente toda a população.

Além de serem o local de onde se exerce o controle sobre todo um território,  as capitais também precisam evocar um senso de unidade – toda a população precisa sentir que ela é acessível. Em busca disso, muitos países trocam o lugar de suas capitais. É o caso de Brasília, por exemplo. A cidade foi construída em um território dentro de Goiás, justamente o estado mais centralizado do Brasil, a partir da ideia de que a nova capital deveria ser igualmente acessível para todas as regiões do país.

Devido a questões históricas e governamentais, alguns locais não conseguem chegar em um consenso e têm mais de uma capital. Confira quais são os países que, oficialmente, têm mais de uma capital, abaixo:

África do Sul

A Cidade do Cabo é a capital sede do poder legislativo na África do Sul (Foto: Public Domain)

Capitais: Cidade do Cabo, Pretoria e Bloemfotein

Antes da criação da União da África do Sul, em 1910, o território que hoje corresponde ao país africano era composto por quatro territórios diferentes: Colônia do Cabo, Transvaal, KwaZulu-Natal e Estado Livre de Orange.

Depois da unificação, não conseguiu-se chegar a um consenso de onde seria a capital do país. Por isso, foram definidas três capitais: a Cidade do Cabo, sede do poder legislativo; Pretoria, sede do executivo; e Bloemfotein, sede do judiciário.

Benim

Porto Novo é a capital administrativa de Benin (Foto: Wikimedia Commons)

Capitais: Porto Novo e Cotonou

Desde quando era uma colônia francesa, Benim, país do leste africano, sempre teve Porto Novo como a capital oficial. No entanto, também desde esse período, a cidade de Cotonou era onde estava centralizada o governo.

Com a independência da França em 1970, essa organização continuou. Hoje, Porto Novo é a capital administrativa e a sede do poder legislativo; já Cotonou é a capital econômica e sede poder executivo e judiciário.

Costa do Marfim

Iamussucro é a capital oficial da Costa do Marfim (Foto: Wikimedia Commons)

Capitais: Iamussucro e Abijã

Abijã foi declarada capital da Costa do Marfim em 1933, quando o território ainda era colônia francesa. Com a independência em 1958, a cidade continuou como capital.

No entanto, o primeiro presidente da Costa do Marfim, Félix Houphouët-Boigny, que ficou durante 33 anos no poder, resolveu mudar a capital do Abijã para Iamussucro, sua cidade natal. A decisão ocorreu como uma forma de estimular o desenvolvimento no centro do país.

Desde então, o país conta com as duas cidades como capitais: Iamussucro é a oficial e Abijã é a administrativa, já que as instituições governamentais continuam e sempre estiveram lá.

Malásia

Kuala Lumpur é uma das capitais da Malásia (Foto: Wikimedia Commons)

Capitais: Kuala Lumpur e Putrajaya

A decisão da Malásia ter mais de uma capital é recente. Kuala Lumpur, a capital oficial do país, estava muito cheia e politicamente congestionada. Assim, o governo malaio resolveu construir uma cidade planejada, criada especificamente para centralizar as funções administrativas governamentais.

Em 1999, a cidade de Putrajaya se tornou a capital administrativa da Malásia e sede oficial do governo federal.

Países Baixos

Os Países Baixos têm duas capitais: Amsterdã e Haia (Foto: Pexels)

Capitais: Amsterdã e Haia

Os Países Baixos sempre tiveram duas capitais. Haia, desde 1588, alguns anos depois do estabelecimento da República Unida dos Países Baixos, é a sede do governo. Amsterdã, por sua vez, se tornou a capital oficial em 1814, depois da ocupação francesa na região. A cidade também é capital da Holanda do Norte, província dos Países dos Baixos.

Sri Lanka

Colombo é a capital oficial do Sri Lanka (Foto: Wikimedia Commons)

Capitais: Colombo e Sri Jayewardenepura Kotte

Algumas décadas após ganhar a independência da Inglaterra no ano de 1948, o governo do Sri Lanka chega a conclusão de que a capital Colombo estava politicamente congestionada. Em 1977, se decide que a sede do legislativo seria mudada para um dos subúrbios da cidade, Sri Jayewardenepura Kotte. Em 1982, o parlamento do país também se muda para lá. Desde então, Sri Jayewardenepura Kotte é a capital legislativa.

Suazilândia

Lobamba é a capital sede do reino da Suazilândia (Foto: Wikimedia Commons)

Capitais: Mbabane e Lobamba

A Suazilândia sempre teve duas capitais. Em Lobamba, está localizada a sede do reino africano, além de também ser a cidade onde o parlamento do país se reúne. Mbabane, por sua vez, é a capital oficial e administrativa, sede de todas as outras instituições governamentais.

Observações

Apesar de alguns países terem as funções administrativas do governo divididas em uma cidade além da capital, isto não a torna também, oficialmente, uma capital. É o caso, por exemplo da Bolívia. Apesar de La Paz ser a sede dos poderes executivo e legislativo, Sucre, segundo a constituição boliviana, é a única capital oficial.

Outros países, como Chile, Geórgia, Honduras, Myanmar, Montenegro e Tanzânia, se enquadram na mesma situação e possuem apenas uma capital oficial.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.