Psiquiatra ensina 5 maneiras de identificar um sociopata

Um dos sinais mais comuns do transtorno de personalidade antissocial é a falta de empatia. Saiba mais!

Antes de tudo, para saber como identificar um sociopata, precisamos entender o que caracteriza uma pessoa com esse transtorno. De acordo com psiquiatras, trata-se de uma síndrome descrita por comportamento agressivo e hostil ao longo da vida. Ou seja, indivíduos diagnosticados com transtorno de personalidade antissocial tendem a ser manipuladores e impulsivos de forma inconsciente, como explica Donald Black, psiquiatra norte-americano.

Leia mais: Veja Quais Alimentos Você Não Deve Consumir Para Manter Sua Saúde Mental Em Dia

Ademais, tal distúrbio pode ser relativamente leve. Nesse sentido, as pessoas apresentam poucos traços do transtorno, como mitomania e problemas sociais. Entretanto, no outro extremo do espectro, estão os sádicos e assassinos, sendo que a maioria dos indivíduos está no meio desse espectro.

Portanto, para ser diagnosticado com transtorno de personalidade antissocial, a pessoa deve ter no mínimo 18 anos e possuir um histórico de agressão e mau comportamento. Com isso, confira o que deve ser observado, com base nos critérios listados no Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, utilizado nos EUA.

Comportamentos a serem observados

1 – Falta de empatia

Um dos sinais mais comuns do transtorno de personalidade antissocial é a falta de empatia com o próximo, ou seja, a incapacidade de sentir culpa por seus feitos. Além disso, muitos indivíduos diagnosticados com esse distúrbio apresentam inconsciência de que suas ações sejam maldosas.

2 – Manipulação

Pessoas descritas como sociopatas tendem a tentar seduzir e dominar os indivíduos ao seu redor para ganho próprio ou, até mesmo, por puro entretenimento. Porém, isso não significa que todos sejam extrovertidos e comunicativos. Em muitos casos, eles podem ser bem quietos e introvertidos.

3 – Falsidade

Outros sinais comuns do transtorno de personalidade antissocial são a desonestidade e a enganação. Os indivíduos com tal transtorno geralmente mentem para tentar conseguir aquilo que querem ou para se livrar de enrascadas e não serem punidos.

4 – Hostilidade

Além de apresentarem um mau comportamento e serem instáveis, os sociopatas também podem interpretar o comportamento dos outros de maneira errônea, e aguçar uma “sede” por vingança caso entendam que querem fazer mal a eles.

5 – Impulsividade

Todos nós podemos ter momentos de impulsos. Porém, para alguém diagnosticado com transtorno de personalidade antissocial, tomar decisões impulsivas e inconsequentes fazem parte da rotina, de acordo com o psiquiatra.

Transtorno de personalidade antissocial tem tratamento?

A terapia pode auxiliar no controle de alguns sintomas e efeitos colaterais, principalmente nos casos mais leves. Entretanto é um tanto quanto raro que um sociopata procure ajuda profissional, já que uma das características do distúrbio é a falta geral de percepção. Portanto, o indivíduo pode reconhecer que tem problemas, mas tende a culpar os outros ou as circunstâncias.

Todavia, o psiquiatra informa que “os sintomas do transtorno de personalidade antissocial parecem melhorar um pouco com a idade, especialmente entre os sociopatas mais leves e aqueles que não usam drogas ou bebem em excesso. Mas se você conhece alguém com o transtorno, a melhor coisa a fazer é ficar longe”, aconselha o médico.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More