Sentidos – Tato

O tato é um dos cinco sentidos humanos propostos por Aristóteles.

0

O tato é um dos cinco sentidos humanos propostos por Aristóteles que nos permite sentir texturas diferentes, sensações térmicas e dor.

Por ser ligado ao maior órgão do corpo humano, a pele, esse sentido pode ser sentido em todo o corpo e não apenas em uma área específica como acontece com os outros quatro sentidos.

Apesar de estar relacionado primeiramente a pele, o tato também é ligado ao labirinto, a medula e a receptores nervosos.

Tato

Qual o mecanismo de funcionamento do tato?

Todas os humanos podem ter as sensações do tato, mas em algumas pessoas essas percepções podem ser mais fortes do que em outras.

Nossa pele é dotada de terminações nervosas que atuam para o tato funcionar e, por a pele ser diferente em muitas regiões do corpo, as terminações nervosas também são diferentes dependendo do local.

Se analisarmos partes da pele onde há pelos, encontraremos terminações nervosas nos folículos pilares que captaram qualquer movimento que o pelo fizer. É por isso que você pode sentir mesmo se apenas um único pelo se mexer.

A pele é estimulada de diferentes formas:

  • receptores de Ruffini: receptores térmicos para o calor, encontrados em regiões onde há pelos, atuam quando a pele é distendida.
  • corpúsculos de Pacini: captam estímulos de vibração, movimentos rápidos e de toque.
  • discos de Merkel: captam estímulos de pressão e táteis, são eles que captam os estímulos contínuos de objetos contra a pele.
  • terminações nervosas livres: são os receptores para dor, também podem acusar estímulos térmicos, químicos e mecânicos.
  • corpúsculos de Meissner:  captam estímulos táteis leves e pequenas vibrações, são encontrados apenas onde não há pelos.
  • bulbos terminais de Krause: receptor térmico para o frio, encontrados somente onde não há pelos, em regiões consideradas muito sensíveis como membranas, mucosas, em volta dos lábios e regiões genitais.
Receptores sensoriais da pele – anatomia

Ao receber cada informação, as terminações nervosas enviam o sinal recebido ao cérebro e. ai sim, nós conseguimos reconhecer o estímulo. Apesar de ser complexo, esse processo todo ocorre em frações de segundo.

O tato pode ser treinado?

Podemos treinar nosso tato para ser mais sensível aos estímulos usando-o com frequência para determinadas situações.

Quando algum dos cinco sentidos é perdido, também é possível que outros sejam aprimorados. É isso que acontece quando uma pessoa que enxerga perde a visão, por exemplo.

Normalmente, estas pessoas aprimoram o tato para suprir a falta da visão. O uso da bengala e até mesmo a leitura em Braille (tipo de escrita onde um conjunto de pontos em relevo representa os caracteres do alfabeto) dependem diretamente deste sentido.

Leitura em Braille

Curiosidades

Algumas doenças podem afetar o tato por prejudicarem as terminações nervosas que são muito delicadas, algumas delas são: a hanseníase, lesões na medula espinhal e, até mesmo, micoses.

Outro fator que também pode afetar o tato são as cirurgias estéticas, como a colocação de prótese de silicone, por exemplo. No entanto, isso pode ser muito variável entre as pessoas.

Os anestésicos em forma de pomada para uso local atuam diretamente nas terminações nervosas livres, os nossos receptores de dor, inibindo-o de enviar estímulos ao cérebro. Diferente de outros medicamentos que inibem a produção das substâncias causadoras da dor e inflamação, permitindo que o tecido se recupere.

As percepções de carinho proporcionadas pelo tato também são muito importantes para formar pessoas psicologicamente saudáveis. Esse contato carinhoso, desde o aleitamento materno até demonstrações de afeto nos adultos, trazem sensações de bem-estar podendo inclusive diminuir sensações de dor.

Percepções sensoriais – carinho

Muitos empresários têm incentivado seus funcionários a ter um breve contato físico com o cliente, pois sabe-se que isso pode aumentar a confiança daquela breve relação e sucesso no consumo do serviço oferecido. Um estudo científico também relacionou o fato de tocar notas de dinheiro com menor percepção da dor.

Veja também: 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.