Tudo Sobre Abelhas: Tipos, importância, vida, o que produzem, curiosidades

Veja tudo sobre abelhas. Conheça os tipos de abelhas e suas funções na colmeia e na natureza. Os produtos produzidos por elas vão além do saboroso mel.

1

As abelhas são insetos sociais, os indivíduos da espécie vivem juntos em colmeias e possuem divisão de tarefas dentro dela. A diferenciação de função que desempenham na colmeia é chamada de heteromorfismo.

As abelhas pertencem:

  • Filo: Artrópode
  • Classe: Insecta
  • Ordem: Himenóptera
  • Família: Apoidea

Apresentam três tipos morfológicos: Rainha,  Zangão e Operárias.

Rainha

Diferença de tamanho. Rainha, zangão, operária.

A rainha tem a função de reprodução na colmeia. Ela passa a vida colocando ovos que se tornarão futuras abelhas operárias, zangões ou novas rainhas.

Quando nascem duas abelhas rainhas, em uma única colmeia, elas lutam até a morte para decidir quem assumirá a  missão de garantir a reprodução da colônia.

A abelha que é escolhida para ser rainha, é alimentada durante toda a com geleia real, um tipo especial de alimento produzido na colmeia que nutre e possibilita que a rainha tenha fertilidade para produzir óvulos e pôr  ovos.  

Quando a futura rainha atinge a “adolescência” sai para o voo nupcial, encontra-se com o zangão e copula. Após a cópula retorna à colmeia e começa a colocar ovos. A abelha rainha vive entre 2 e 5 anos.

Zangão

Os zangões têm a função exclusiva de fazer o acasalamento com a rainha e garantir a reprodução. Ele realiza o voo nupcial, fecunda a abelha rainha e, em algumas espécies, morre após a cópula ou é abandonado pela colônia de abelhas por não ter mais “utilidade” para a colmeia.

Operárias

São abelhas estéreis que trabalham para trazer pólen e néctar para a colmeia, produzir mel, vigiar, limpar e cuidar da rainha, do zangão e das larvas.

Algumas são responsáveis pela alimentação da rainha, larvas e zangão.  E outras cuidam para que a estrutura da colmeia seja mantida fazendo reparos nas células, limpando a colmeia e construindo novas células para guardar mel ou abrigar os ovos postos pela rainha.

As operárias também são responsáveis por guardar a entrada da colmeia.

O que produzem as abelhas?

A partir do néctar e do pólen coletado nas flores, as abelhas operárias produzem:

  • mel
  • cera
  • própolis
  • geleia real
O mel é só mais uma das substâncias produzidas pelas abelhas.

 O mel é um tipo de açúcar com alto valor energético que serve de alimento para as abelhas. Dependendo da espécie de néctar coletado nas flores, o mel apresentará uma constituição diferente, assim, temos mel de flor de laranjeira, silvestre, etc.

 

Algumas abelhas possuem a capacidade de produzir grande quantidade de mel, como abelha da espécie Apis melífera, conhecida como abelha africana.

Outras espécies produzem pequenas quantidades, como a abelha Tetragonista angustula, mais conhecida como Jataí. Seu mel tem muito sabor e é muito valorizado por isso.

A cera das abelhas é produzida com a mistura do pólen com néctar, ou pólen e mel, e utilizada na construção das células da colmeia. o produto apresenta propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes, sendo muito utilizada na medicina natural.

Já o própolis é produzido por meio da ação de enzimas das abelhas operárias a partir da modificação de ceras ou de resinas das plantas.

O própolis protege  a colmeia de micro-organismos, como vírus, bactérias e insetos invasores. Ele geralmente pode ser encontrado na entrada da colmeia e possui função desinfetante. Quando as abelhas operárias passam pela entrada da colmeia sofrem a ação do própolis e são desinfetadas.

A geleia real é produzida a partir de glândulas hipofaríngeas de abelhas operárias jovens. Ela é o alimento de rainhas, zangão e larvas, tem aspecto  gelatinoso, e propriedades regenerativas.

Importância das abelhas na natureza

Abelhas realizam a polinização de plantas.

As abelhas realizam a polinização de plantas, processo que é super importante para a reprodução destas.  

A partir do momento que visitam muitas as flores à procura de néctar e pólen, este último fica grudado no corpo das abelhas e acaba caindo na entrada do  gineceu (órgão reprodutivo feminino da flor) e encontra o óvulo da planta, o que causa sua fecundação.

Várias espécies de plantas não existiriam sem a polinização feita  pelas abelhas, porque não conseguem se fecundar por conta própria.

Apicultura é a atividade de criação de abelhas e produção de mel.

Curiosidades

  •  As abelhas possuem cinco olhos: dois maiores na frente e três menores no topo da cabeça. Também possuem antenas sensíveis, dois pares de asas e língua para sugar o néctar das flores.
  • A procura de néctar e pólen, uma abelha pode atingir dez flores a cada minuto.
  • Uma colmeia de tamanho médio pode abrigar até 60 mil abelhas.
  • A ferroada de uma abelha é dolorida e nela é injetado veneno. Embora o veneno seja inofensivo em pessoas alérgicas pode levar à morte.  
  • Uma abelha produz, em média, cinco gramas de mel por dia.
  • A atividade lucrativa de  criação de abelhas e produção de mel é chamada de Apicultura.
  •  No dia  22 de maio é comemorado o Dia do Apicultor, o criador de abelhas.
  •  No dia 17  de outubro é comemorado o Dia da Apicultura.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

  1. […] Veja a notícia original (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({}); […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.