Confira o novo valor dos aposentados e pensionistas do INSS em 2022

Com o efeito econômico de oscilação dos preços e do custo de vida em geral, o reajuste é feito para que haja compatibilidade.

Como é de praxe, todo fim de ano os valores das aposentadorias, bem como das pensões e dos salários mínimos, são reajustados. Isso porque, com o efeito econômico de oscilação dos preços e do custo de vida em geral, o reajuste é feito para que haja compatibilidade.

Leia Mais: Aposentadoria por idade: Mulheres podem ficar de fora em 2022.

Dessa forma, assim como o salário mínimo, as aposentadorias e pensões tiveram um leve aumento que representa o aumento da inflação de 2021. Para isso, é usado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), justamente para medir a ação inflacionária no país.

Veja agora qual o valor da aposentadoria em 2022!

Como são feitos os cálculos de reajuste da aposentadoria?

Como já mencionado, o reajuste é feito tendo como base a porcentagem de aumento da inflação corrente de cada ano. Assim, segundo dados do Ministério da Economia, o reajuste sobre os valores das aposentadorias será de 10,18%, porcentagem inflacionária apontada pelo INPC.

Da mesma forma, foi corrigido o valor do salário mínimo, que sobe de R$ 1.100 para R$1.212 neste ano, com um leve arredondamento na porcentagem.

Ainda quanto ao salário mínimo, vale lembrar que nem todos os estados estão aderindo ao piso salarial ditado pelo Governo Federal. Os estados de São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, por exemplo, estabeleceram um piso salarial próprio. Nestes casos, o salário mínimo será maior que o definido no piso nacional.

Qual então é o novo valor da aposentadoria em 2022?

Para responder a essa pergunta, faz-se necessário entender que as aposentadorias e pensões também seguem o valor do salário mínimo. Igualmente, os reajustes aplicados ao salário mínimo também são aplicados aos valores dos benefícios do INSS.

Com isso, aposentados que recebiam o benefício de R$ 1.100, antigo salário mínimo, passam a receber agora R$ 1.212. O mesmo ocorre para os que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), também com base na porcentagem do INPC.

Lembrando que para aposentados que recebem benefícios acima de um salário mínimo, basta aplicar ao valor do ano passado a mesma porcentagem de 10,18%.

Agora que você já sabe dos novos valores, ajude-nos a disseminar informações relevantes enviando essa matéria para os amigos e familiares!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More