Você sabe como calcular a nota do Enem 2018?

Universidades dão pesos diferentes para cada prova, portanto, é importante saber efetuar os cálculos de modo correto para não perder pontos.

0

O prazo para inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018) já acabou e estudantes de todo o Brasil intensificam os preparatórios para as provas aplicadas no final do ano.

Porém, um item que tira o sono de muita gente é como calcular a nota obtida no exame. Para alguns, esse procedimento é muito fácil, porém, outros ficam um pouco confusos na hora de computar os pontos.

O cálculo da nota é necessário para utilização no Sistema de Seleção Unificada (SiSU), Programa de Financiamento Estudantil (Fies) e Universidade para Todos (ProUni). Além disso, cada universidade pode atribuir pesos diferentes às provas.

Por isso, é importante não ter dúvidas neste momento para que não haja perda de pontuação.

Como calcular a média do Enem 2018?

Há duas formas de calcular a média do Enem 2018, sendo elas a média simples e a complexa.

A primeira é o sistema utilizado por grande parte dos vestibulares e processos seletivos realizados pelo SiSU, FIES e ProUni.

Para encontrar a média simples, é preciso somar as notas obtidas nas quatro provas mais redação e, depois, dividir o resultado por cinco. Exemplo:

Redação: 700
Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 650
Ciências Humanas e suas Tecnologias: 630
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: 750
Matemática e suas Tecnologias: 700

Resultado: 700 + 650 + 630 + 750 + 700 = 3.430 / 5 = 686

“Ah, mas, a universidade na qual quero ingressar coloca pesos nas provas, como fazer’? Esta é a tal média complexa que, felizmente, não é tão utilizada pelas universidades.

Por mais difícil que pareça, o cálculo, neste caso, é simples. Basta multiplicar a nota de cada prova por seu respectivo peso. Depois, é necessário somar todos os resultados e dividir pela soma dos pesos de cada caderno.

Exemplo:

Matéria

Peso

Nota

Redação  

3

700

Ciências Humanas

2

630

Ciências da Natureza

1

650

Linguagens  

2

750

Matemática

1

700

2100 + 1260 + 650 + 1500 + 700 = 6210 / 9 = 690

Para saber como as universidades e programas atribuem os pesos, basta conferir a informação disponibilizada em seus sites, editais e termos de adesão.

Como acessar as notas?

As notas individuais são disponibilizadas ao candidato, aproximadamente, dois meses após a aplicação do exame.

Para acessar, basta entrar na página do participante no site oficial do Enem 2018 digitando login e senha pessoais. Com isso, será possível visualizar as notas em cada um dos quatro cadernos.

De quanto preciso para passar?

A média nacional do Enem é de 500 pontos. Por isso, para entrar em uma universidade pública ou conseguir financiamento por algum dos programas, é necessário alcançar pontuação acima desse índice.

Confira a pontuação exigida em cada programa:

SiSU: aqui, a pontuação varia conforme a universidade. Isso porque cada uma define pesos específicos para cada prova. A variação pode depender, também, do curso desejado.

Fies: exige média de 450 pontos, além de não permitir nota zero na redação. Professores da rede pública de ensino matriculados em cursos de licenciatura, pedagogia ou normal superior estão isentos dessa regra.

ProUni: média de 450 pontos, também, sem zerar a redação. Também precisam ser atendidos requisitos relativos à renda familiar para concorrer às bolsas parciais ou integrais.

Calendário Enem 2018

As inscrições no Enem 2018 foram encerradas no dia 18 de maio. Os candidatos têm até o dia 23 do mesmo mês para quitar o boleto de candidatura.

De 28 de maio a 03 de junho, deve ser solicitado o atendimento pelo nome social para aqueles que o desejarem. As provas, por sua vez, serão aplicadas nos dias 04 e 11 de novembro.

Para mais informações, basta acessar o site: https://enem.inep.gov.br/

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.