Home / Disciplinas / Despercebido ou desapercebido?

Despercebido ou desapercebido?

Você já se deu conta de que pode estar usando as duas palavras de maneira incorreta? Esse erro é muito comum, não precisa se preocupar! Identificado o deslize, é hora de aprender mais para saber como evitá-lo! Fique atento à explicação que o Escola Educação traz para você e bons estudos!

Despercebido e desapercebido são vocábulos distintos e apresentam significados também diferentes. Nem parece, afinal de contas, eles são tão parecidos! Por serem tão parecidos, provocam muitas dúvidas, dúvidas que podem comprometer a clareza da mensagem, seja ela elaborada na modalidade escrita ou na modalidade oral. Observe a definição da palavra despercebido de acordo com o dicionário Michaelis:

despercebido
des.per.ce.bi.do
adj (part de desperceber) 1 Que não se viu nem ouviu. 2 A que não se deu atenção. 3 Que não se sentiu: Picada despercebida. Antôn: notado,observado.

Exemplos:

Entrei na festa e passei despercebido.
Sua falta de interesse não passou despercebida pelos olhos do chefe.
Estava tão despercebido que nem notei quando você entrou na sala!

Portanto, a palavra despercebido significa algo ou alguém que não chamou atenção, que não foi visto, que não foi sentido nem notado. Também pode significar uma pessoa desatenta e distraída. Confira agora o significado da palavra desapercebido também de acordo com o dicionário Michaelis da Língua Portuguesa:

desapercebido
de.sa.per.ce.bi.do
adj (des+apercebido) 1 Desprevenido, desacautelado. 2 Desprovido, desguarnecido.

Exemplos:

Você me pegou desapercebida e eu não pude ajudá-la.
O aluno está desapercebido de conhecimentos em Matemática,
Até o momento, estou desapercebido de informações sobre os locais de prova.

Desta forma, a palavra desapercebido significa algo ou alguém que não está preparado, que está desprovido, desprevenido, desacautelado.  

As palavras despercebido e desapercebido são escritas de forma parecida e são pronunciadas de forma parecida, mas seus significados são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras parônimas. Na língua portuguesa existem vários exemplos de paronímia, entre eles, precursor/percursor, aferir/auferir, imergir/emergir, diferido/deferido, discriminar/descriminar, iminente/eminente, retificar/ratificar etc.