7 comportamentos que podem diminuir a sua produtividade no trabalho

Manter-se concentrado o tempo todo no trabalho é um grande desafio. O telefone toca, um colega de trabalho entra na sala, entre outros imprevistos.

0

Manter-se concentrado o tempo todo no trabalho é um grande desafio. O telefone toca, um colega de trabalho entra na sala, surgem conversas paralelas, aparece uma nova demanda, entre outros imprevistos. Em meio a essas situações, toda a produtividade vai para o espaço junto com a sua boa vontade de ser eficiente.

Esses vilões da produtividade devem ser detectados no ambiente de trabalho, de modo que sejam eliminados aos poucos. Além das que foram detectadas, existem outras causas que podem estar diretamente relacionada com a sua falta de atenção. Para te ajudar a se livrar dessas armadilhas e aumentar os seus resultados, listamos alguns hábitos que você deve evitar no seu dia a dia. Vamos citá-los a seguir.

1- Ser desorganizado

Acredite, a sua mesa de trabalho diz muito sobre você. Se o seu espaço está constantemente bagunçado, com papeis e objetivos espalhados por todos os cantos, é sinal de que você não está muito preocupado com o seu desempenho. Esse tipo de desorganização compromete sua agilidade ao executar as suas tarefas, por mais que você ache que saiba onde se encontra cada objeto, pois certamente demandará certo esforço para localizá-lo. Além disso, você pode passar a impressão aos seus colegas de trabalho que não está devidamente capacitado a desenvolver determinadas funções e terá mais dificuldades de ser promovido. Por esses e outros motivos, procure ser organizado, tente reservar um dia em sua agenda para fazer uma faxina, separe toda a papelada, jogue fora o que você não precisa mais e tente separar os seus materiais de acordo com as suas prioridades.

2 –Estender assuntos em reuniões

De costume, reuniões de trabalho são longas e consomem boa parte do dia.  Horas preciosas que poderiam ser dedicadas a outros projetos, acabam por serem desperdiçadas ou pouco produtivas. Para sanar esse problema, o indicado é diminuir o número de encontros semanais, mas se isso não for possível, tente torná-los mais curtos e dinâmicos. Além disso, tente reduzir a quantidade de assuntos a serem debatidos. Sempre que surgir algum problema, busque solucioná-lo de forma imediata a partir do contato com os colegas responsáveis, sem necessariamente esperar o momento da reunião para discutir as questões. Desta forma você pode agilizar o processo e evitar ocupar o tempo que devia ser gasto com outros assuntos.

3 – Não saber administrar seu tempo

O seu tempo é muito importante e faz toda a diferença no seu rendimento. Muitas pessoas tendem a usar boa parte do seu dia para desenvolver atividades que geram poucos resultados e essa é a principal razão pela qual não alcançam suas metas dentro do prazo estimado. Mesmo que algumas tarefas realmente sejam importantes e demandem bastante atenção, é preciso que identifique se vale ou não a pena passar horas a fio para executá-la. Reflita sobre suas funções e estabeleça a prioridade de cada atividade que deve ser executada e tente estipular o tempo gasto com cada uma delas. A partir desta mudança de hábito, você saberá o que priorizar na sua lista de tarefas diária e, consequentemente, ser mais organizado e produtivo.

4 –Fazer diversas tarefas ao mesmo tempo

Fazer muitas coisas ao mesmo tempo até certo ponto pode ser considerado proatividade, mas em excesso geralmente compromete a sua eficiência na execução de suas tarefas diárias. É certo que praticamente em todo trabalho estamos sujeitos ao acúmulo de atividades durante o dia e, a princípio, a melhor forma de lidar com tudo isso é fazer muitas coisas ao mesmo tempo. As consequências desse hábito são a facilidade de distração, de se perder em meio a tantas demandas e acabar por não concluir nenhuma das tarefas. A razão disso é que o cérebro funciona melhor quando está concentrado em apenas uma atividade de cada vez, assim conseguirá terminar mais rápido o que lhe foi proposto e prosseguir com as outras atividades.

5 – Planejar o dia sem flexibilidade

Outro fator que pode atrapalhar a sua produtividade é o planejamento exagerado, que geralmente é encarado como algo exemplar. Como mencionado anteriormente, é fundamental ter uma agenda bem organizada, com boa distribuição do seu tempo, de forma que consiga equilibrar suas tarefas. Esse panorama do seu dia é sim o recomendado, no entanto, fazer esse arranjo sem deixar espaço para remanejamentos ou momentos de descanso pode abrir brechas para o estresse e sobrecarga de trabalho. Além disso, é possível que não consiga concluir tudo aquilo que foi agendado para o dia, o que estimula a frustração e a desmotivação no trabalho.

6 – Não saber dizer “não”

Todos nós devemos saber os limites da boa vontade. Pode acontecer que algumas pessoas lhe solicitem para fazer alguma atividade extra que prejudica o seu planejamento do dia, e você, sem coragem de dizer que não pode naquele momento, acaba por aceitar, comprometendo sua rotina. Aprenda que às vezes é necessário dizer “não”. Tente explicar os motivos que o fizeram negar determinadas tarefas aos seus colegas, os mesmos devem respeitá-lo da melhor forma.

7 – Deixar tarefas prioritárias em segundo plano

Muitas vezes tarefas consideradas mais difíceis são deixadas para escanteio, pois demandam maior tempo ou atenção. Esse tipo de hábito pode ser prejudicial para o seu rendimento, pois essas atividades podem ser prioridade no seu trabalho. Quanto mais você evitar fazer tarefas que sabe que tem que ser feitas o quanto antes, com menos vontade em executá-las, dará lugar ao nervosismo e estresse. O sugerido é que não tente adiá-las e comece a executar o seu trabalho pelas tarefas que são consideradas mais importantes.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.