A diferença entre Holanda e Países Baixos

Não, eles não são sinônimos! Conheça qual é a diferença entre os dois e entenda porque ambos têm Amsterdã como capital

0

Holanda e Países Baixos – dois nomes para o mesmo território, certo? Errado! Apesar de serem confundidos como sinônimos, a Holanda na verdade é a união de duas províncias das 12 províncias que compõem os Países Baixos: Groninga, Frísia, Drente, Overissel, Flevolândia, Guéldria, Utrecht, Holanda do Norte, Holanda do Sul, Zelândia, Brabante do Norte e Limburgo.

A confusão em denominar todo os Países Baixos como território holandês tem origem histórica. A área que hoje corresponde ao país era chamada de República das Sete Províncias Unidas dos Países Baixos. No entanto, em 1795, o território foi conquistado pelas tropas francesas e passou a ser a República Batava.

Todavia, em 1806, o território deixaria de ser república com a nomeação de Luís Bonaparte, irmão de Napoleão, imperador da França na época, como rei da região. Assim, o país passou a ser chamado de Reino da Holanda, devido a província de Holanda ser a que mais contribuía com a economia e riqueza da região.

Além disso, era nas províncias de Holanda do Norte e Holanda do Sul onde estavam os grandes portos do território. Por isso, como a maior parte dos navios que iam para o exterior saíam de lá, todos carregavam ‘Holanda’, o que colaborou para que o nome acabasse usado para se referir a todo os Países Baixos.

O Reino da Holanda se dissolveu em 1810. Depois, foi criado o Reino Unido dos Países Baixos, que atualmente, unem os países de Aruba, Curaçao, St Marteen e Países Baixos.

E Amsterdã?

(Foto: Pixabay)

A cidade de Amsterdã, localizada na Holanda do Norte, é a capital tanto desta província como, juntamente com Haia, uma das capitais dos Países Baixos.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.