ALERTA global: vírus brasileiro pode desencadear a próxima pandemia mundial

Na Alemanha, cientistas apontam que a próxima pandemia pode ser ocasionada por um vírus da gripe comum no Brasil.

O estudo conduzido na Alemanha por cientistas aponta para uma potencial fonte de preocupação em relação à próxima pandemia mundial: um vírus da gripe comum no Brasil.

A descoberta surge em meio ao avanço de cepas da gripe aviária, que historicamente circulavam entre aves, mas que agora são observadas em mamíferos, como gados nos Estados Unidos.

A pesquisa, realizada pelo cons√≥rcio Vaccelerate, contou com a colabora√ß√£o de profissionais de sa√ļde e infectologistas de todo o mundo.

Os cientistas coletaram um total de 187 respostas de especialistas de 57 países, obtendo uma visão global sobre a potencial ameaça de uma próxima pandemia.

Conforme a prévia do estudo, a variante da influenza originária do Brasil tem gerado alarme, devido à sua capacidade de causar letalidade significativa em casos esporádicos relatados em humanos.

Estima-se que tal letalidade possa ultrapassar 50%, o que representa uma amea√ßa s√©ria √† sa√ļde p√ļblica global.

Vírus comum no Brasil pode ser a causa da próxima pandemia РImagem: Reprodução

Vírus da influenza

O vírus da influenza, também conhecido como vírus da gripe, é uma infecção aguda do sistema respiratório com um alto potencial de transmissão entre seres humanos.

Atualmente, há quatro tipos principais: A, B, C e D. Os dois primeiros causam epidemias sazonais de gripe, inclusive o tipo A é associado a grandes pandemias.

O vírus influenza A é encontrado em diversas espécies de animais, como seres humanos, suínos, cavalos, mamíferos marinhos e aves.

Os subtipos do vírus influenza A são classificados com base em duas proteínas diferentes: Hemaglutinina (HA ou H) e Neuraminidase (NA ou N).

O vírus B, por sua vez, infecta exclusivamente seres humanos e é dividido em duas linhagens: B/Yamagata e B/Victoria. Tais vírus podem causar epidemias sazonais de gripe.

O tipo C contamina tanto humanos quanto su√≠nos, mas √© detectado com menos frequ√™ncia e provoca infec√ß√Ķes leves, com implica√ß√Ķes menos significativas para a sa√ļde p√ļblica. Logo, n√£o est√° associado a epidemias.

O tipo D √© relativamente um v√≠rus novo da gripe, identificado pela primeira vez em su√≠nos e bovinos nos Estados Unidos. At√© o momento, n√£o h√° conhecimento de infec√ß√Ķes dele em humanos.

Com informa√ß√Ķes do site O Tempo.

você pode gostar também

Coment√°rios est√£o fechados.