Para reduzir o consumo: 6 alimentos que causam inflamações no corpo

Sentindo que o seu corpo não é mais o mesmo? Veja quis são os seis alimentos que são vilões e causam inflamações, esgotam a energia e intensificam o risco de doenças.

As inflamações no nosso corpo humano podem acontecer de forma natural, como é o caso de quando nos machucamos de alguma forma ou ficamos resfriados, porém não se trata só isso, hein? Algumas mudanças são provocadas por excessos na alimentação, especialmente diante do consumo de comidas e bebidas que são perigosas.

Leia mais: Aumente sua ingestão de proteína com estes 4 alimentos

Quando o corpo alerta para as inflamações

Alguns processos inflamatórios em nosso organismo ou corpo são saudáveis, mas só quando partem de um resfriado leve ou do fato de termos machucado alguma região específica, onde o agente patogênico ou pancada provoca uma resposta inflamatória. A partir dessa constatação, logo se inicia o processo de cura.

Exercícios também provocam uma inflamação passageira, mas que ajuda a construir a massa muscular.

A questão é que quando a inflamação persiste, torna-se uma “chama fervente”. Se não for contida, ela pode causar fadiga, danificar tecidos saudáveis e provocar uma série de doenças como diabetes tipo dois, doenças cardíacas, doenças autoimunes e até câncer.

Segundo o Dr Ginger Hultin, nutricionista da Seattle, a inflamação evolui para crônica quando há um consumo exagerado de alguns alimentos nocivos. É o tipo de coisa que acende um alerta para a reavaliação geral e a qualidade de uma dieta mais saudável no dia a dia.

Alimentemos inflamatórios para se reduzir consumo

Carne grelhada e os produtos de carne processada cozidas em altas temperaturas contém (HCAs) aminas heterocíclicas, que causam oxidação da gordura e proteína. Quando cozidas em chama aberta, elas contêm (PAHs). Já a carne processada conta com altos níveis de nitrito de sódio, aumentando o risco de câncer gástrico.

Para os alimentos fritos, o conselho é nunca usar gordura trans, pois elas são proibidas, então opte por óleo de abacate ou outras variações e mantenha a temperatura baixa.

Comidas e bebidas açucaradas, assim como os alimentos embalados que são altamente processados e os carboidratos altamente refinados são – em sua maioria – consumidos livremente, ou seja, sem controle. Não é para menos que ultrapassam a dosagem diária, o que rapidamente levam ao nível de açúcar no sangue aumentando.

Isso desencadeia inflamações e obesidade, que é uma inflamação crônica.

Os vários tipos de bebidas alcoólicas existentes até podem ser anti-inflamatórias, mas se consumidas moderadamente. Quando seu uso é frequente, elas induzem uma inflamação no intestino.

Vida saudável sem inflamações

Ter qualidade de vida é se alimentar bem e comer o suficiente. Tudo isso, é claro, aliado aos exercícios. O resultado desse “modo de viver” é o afastamento de doenças, a melhora no humor, além de uma boa noite de sono que irá promover uma maior disposição no dia seguinte.

O corpo agradece  por uma dieta equilibrada e sem excessos.

Este artigo não apresenta soluções para problemas médicos ou psicológicos. Consulte um especialista antes de iniciar qualquer tratamento.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More