Ambiente corporativo: problemas a serem enfrentados

Existem alguns problemas nos setores corporativos que precisam ser levados em consideração para a plena harmonia da dinâmica entre empregador e empregado. Confira aqui!

Sem sombra de dúvidas, a partir da primeira Revolução Industrial, entre os anos 1760 e 1860, a compreensão da humanidade acerca do trabalho e da venda da mão de obra transfigurou-se para outro patamar. Hoje em dia, todos sabem que, para ter uma vida minimamente digna, é necessário desempenhar uma função social importantíssima para o mundo governado pelo capitalismo: trabalhar. No entanto, devido à crise em que o mundo se encontra depois do início da pandemia, tornou-se difícil encontrar emprego, e também mantê-lo.

Leia também: Benefícios que o Governo Federal oferece para aqueles que estão sem emprego

Nesse sentido, o autor Luciano Santos lançou um livro intitulado “Seja egoísta com sua carreira: Descubra como colocar você em primeiro lugar em sua jornada profissional e alcance seus objetivos pessoais”, que foi publicado recentemente pela Editora Gente.

No livro, o autor aborda os hábitos mais corriqueiros que costumam dificultar a carreira de qualquer um, sendo estes: mentir, brigar com a realidade, não saber dar feedback, fechar portas, se importar com o ranço dos outros, trair a confiança, não considerar outras perspectivas, comparar-se, ter medo de ser julgado e, por fim, não tomar decisões.

O autor destaca também que “o ambiente de trabalho é um lugar de sofrimento para muitas pessoas. Um dos motivos pelos quais elas não sabem se comportar é o fato de que nunca foram educadas para isso”. Nessa perspectiva, Santos defende a tese de que a implementação de um ensino voltado ao comportamento no ambiente de trabalho deve ser implementado concomitante aos estágios nas universidades.

Segundo o autor, existem diversos motivos para as pessoas não conseguirem lidar com feedback — apontado por ele como o principal comportamento a prejudicar a carreira dos iniciantes. Além disso, ele diz que parte desses problemas são oriundos de pensamentos errôneos que muitas pessoas materializam, como a ideia de um trabalho perfeito. Dessa forma, Santos aborda essa ideia como um mito, visto que “qualquer local de trabalho vai estar rodeado de múltiplas dimensões, e elas não vão funcionar do jeito que queremos que funcionem”.

Saúde mental e trabalho

Para a psicóloga Ana Carolina Peuker, esses problemas podem ser agravados devido à falta de saúde mental dos trabalhadores. Segundo ela, “quando pensamos em carreira, as pessoas acabam investindo muito nelas sob o ponto de vista técnico e não desenvolvem habilidades comportamentais, como a forma que vão interagir com o grupo, como vão se comunicar ou serem mais empáticas”. Ressalta também que as questões emocionais estão ligadas intrinsecamente ao ato de conseguir-se um emprego, sendo imprescindíveis.

Peuker, que também é CEO da Bee Touch, empresa de tecnologia voltada para mensuração de problemas psicossociais e que rastreia fatores de risco entre os trabalhadores, diz ainda que “temos vivido muito essa hiperconectividade, em que as pessoas não distinguem mais o momento de descansar e o de trabalhar”. Assim, esses problemas podem ser causados por diversos fatores.

A psicóloga também relata que problemas nas estruturas organizacionais podem influenciar nessa problemática, devido à falta de transparência nas empresas, conflitos internos, ambientes com muita competição e atividades que demandam um ritmo muito acelerado.

Nesse sentido, ela faz um alerta no sentido de que “as pessoas capazes de reconhecer seu potencial e suas limitações terão mais segurança e podem ser mais autênticas. O autoconhecimento permite identificar melhor suas próprias reações em diferentes contextos, além de garantir maior autocontrole. A questão psicológica ainda é um estigma no cenário do trabalho no Brasil. É preciso que isso seja mais discutido, justamente para evitar que hábitos como esses se propaguem. Sem saúde mental, não há saúde”, conclui.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More