Por qual motivo as bananas sofrem risco de extinção?

Entenda a razão do perigo de extinção desta fruta tão popular.

A banana é uma das frutas mais populares e consumidas de todo o mundo, além de ser uma opção nutritiva e bem acessível para diversos públicos. Entretanto, recentemente uma notícia se espalhou sobre o possível fim das bananas. Neste artigo, explicaremos por qual motivo as bananas sofrem risco de extinção. Confira!

Leia mais: 4 cachorros famosos que entraram para a história

Razão do risco de extinção das bananas

As bananas possuem uma grande variedade de espécies, como a banana prata, banana maçã, banana nanica, banana ouro, entre outras. Contudo, além destas que conhecemos atualmente, já houveram outros tipos de banana que foram extintas devido a uma praga, mais precisamente um fungo que ficou conhecido como o Mal do Panamá.

Até a década de 1950, a espécie de banana mais consumida no mundo era chamada de Gros Michel. Porém, o Mal do Panamá se espalhou e foi responsável por destruir muitos bananais.

Assim, a solução encontrada na época foi apostar em uma variedade dessa fruta que fosse resistente ao fungo. Foi aí que surgiu a banana Cavendish, que se tornou popular por todo o globo terrestre. No Brasil, esta variedade recebeu o nome de banana nanica ou banana d’água.

Recentemente, um fungo semelhante ao Mal do Panamá surgiu na Ásia, chamado de TR4. Esta praga é capaz de provocar a mesma doença de anos atrás, e desta vez também está afetando as bananas Cavendish.

Vale ressaltar que, mesmo com uma grande diversidade de espécies, as bananas diferem pouco na sua composição genética. Além disso, todas são sensíveis a ambos os fungos, inclusive a nossa famosa banana prata e a banana maçã.

O que está sendo feito para controlar a situação?

Os cientistas vem tentando criar variedades de banana geneticamente modificadas. O objetivo é torná-las mais resistentes às pragas. Contudo, as linhagens existentes atualmente não agradam ao público.

Apesar disso, há um tipo de banana selvagem encontrada na ilha de Madagascar que vem sendo estudada para avaliar se esta espécie contém genes capazes de protegê-la da praga.

Por enquanto, o novo fungo permanece isolado no continente asiático. Espera-se que o microrganismo não encontre formas de chegar até o continente americano, visto que nesta região estão as principais plantações de bananas do mundo.

Agora que você descobriu se as bananas sofrem risco de extinção ou não, aproveite para encaminhar esse artigo para informar aquele seu amigo que também gostaria de saber.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More