Arquivos do Drive podem ficar indisponíveis aos usuários

Google vai realizar nova atualização de software. A empresa mudou a forma como determinados arquivos e/ou pastas funcionam dentro do Drive. Entenda o que muda:

O Google Drive deve atualizar a maneira como os usuários compartilham, fazem backup e gerenciam seus arquivos. Desde 2017 o relacionamento dos ficheiros com a nuvem vem sofrendo alterações. Elas devem ficar ainda mais aparentes com o passar dos próximos meses.

Leia mais: 35 opções de programas gratuitos ou em promoção na Play Store

A empresa mudou a forma como determinados arquivos e/ou pastas funcionam dentro do Drive. Apesar da mudança ser de 2017, a aplicação vem ocorrendo de modo gradual até atingir todos os usuários. Na prática, alguns de seus links compartilhados podem apresentar falhas.

Vale ressaltar que ao subir um arquivo para a nuvem, é possível hospedá-lo em link de download. Esse link pode ser enviado diretamente para alguém específico ou ter um caráter genérico. O método não é totalmente seguro. Por mais improvável que seja, alguém pode adivinhar o link e ter acesso ao arquivo.

Pensando na segurança, o Google inseriu um novo procedimento para dificultar a vida de hackers. Uma espécie de chave de acesso foi atrelada ao link, a fim de garantir uma barreira a mais na segurança. 

A partir do próximo mês, mais especificamente dia 13 de setembro, alguns links vão mudar. Todos os arquivos hospedados antes de 2017 passarão a ter a chave de segurança. Com isso, muitos podem parar de funcionar por conta da atualização.

Alguns tipos de arquivo não serão afetados; são eles:

  • Google Docs (documentos);
  • Google Sheets (planilhas);
  • Google Slides (apresentações);
  • Google Forms (formulários).

Os demais tipos de arquivo podem sofrer e estarem mais vulneráveis com a mudança. Cada usuário que tiver algum material indisponibilizado deverá ser avisado pelo Google sobre a ocorrência. Por isso, na dúvida, é melhor já baixar aquilo que for mais importante.

Novo backup

Fora a atualização de segurança, o Google também vai mudar a forma de backup. Na verdade, a plataforma vai substituir a antiga opção de “Backup e Sincronização”. 

A nova ferramenta vai permitir manter arquivos armazenados localmente. Isso facilita em casos de instabilidade de conexão com a internet. A novidade deve tornar mais fácil acessar os arquivos e pastas a partir da área de trabalho.

Nos próximos dias, vale a pena dar uma conferida nos materiais mais antigos que estão no Drive. Até o dia 13 de setembro armazena com cautela os arquivos mais sensíveis.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More